O autocuidado para além do skincare

Quando o assunto é autocuidado, é muito comum imaginarmos a seguinte cena: toalhas brancas, velas cheirosas, máscaras faciais e uma taça do seu vinho favorito, tudo isso depois de um delicioso banho quente (de preferência numa banheira). Aquele momento relaxante onde tudo se desliga e você se conecta com seu eu interior. Tudo muito lindo, polido e relaxante. Mas será que o autocuidado se resume a isso?

[Imagem: Reprodução Pinterest]

Recentemente me peguei pensando nessa imagem irreal que temos do autocuidado, massificada por trends no Tiktok, vídeos no Youtube e hashtags no Instagram, onde tudo é bonito – quando na realidade nem todo momento de autocuidado é bonito e muito menos “instagramável”. Autocuidado é também olhar para si e perceber tudo que não está certo, e o mais difícil, fazer mudanças para que tudo se endireite.

O autocuidado pode estar no ato de aceitar aquele convite para um projeto que te encanta, mas te desafia e te deixa inseguro. Está naquele momento em que você decide que você merece ser a pessoa que você sonha em ser e toma o primeiro passo. O autocuidado também está presente quando você decide se perdoar, aceitar suas dores, seus defeitos e suas qualidades. Não me entendam mal! Autocuidado é sim assistir aquela série que te deixa feliz, ter aquela sessão fofoca com as amigas, fazer aqueles minutinhos de meditação antes de começar o dia. Tudo que te faz bem e te traz benefícios (sejam eles imediatos ou não) é autocuidado. E sim, skincare também é autocuidado!

Mas as vezes, chega a hora de desligar o chuveiro, lavar a taça suja de vinho e fazer aquele trabalho que você deixou para amanhã. Sem aquela visão também deturpada do “get shit done” ou “trabalhe enquanto eles dormem”, mas sim fazer o que você deve fazer porquê você se ama e merece o sucesso. Autocuidado também é simplesmente dormir quando você está exausto, mesmo que isso signifique que hoje não vai conseguir fazer sua rotina de skincare de 30 passos. Autocuidado é saber seus limites, ou melhor, descobrir seus limites. É se descobrir.

Aqui na editoria de lifestyle da Frenezi, a ideia não é falar sobre estilo de vida de uma forma idealizada, por pura estética. É ajudar você, caro leitor, a ser sua melhor versão seja lá qual ela for, é trazer informações e reflexões com muito humor e leveza, é falar da vida como ela é. E que comece a frenezia!

Um comentário em “O autocuidado para além do skincare

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s