[Resenha] Billie Eilish abre seu coração em novo álbum “Happier Than Ever”

Billie Eilish, a maior sensação dos últimos anos, lançou 30 de julho seu segundo álbum Happier Than Ever, ele foi bem avaliado pelos críticos e teve conquistas inéditas ainda na primeira semana de lançamento.

Com 16 faixas e 56 minutos de duração, o álbum conta uma história de superação, críticas e amadurecimento, com começo, meio e fim. Com experimentações de melodias e vocais fortes, as músicas exploram de maneira muito honesta e íntima os sentimentos da Billie enquanto passava por esses momentos. O álbum começa com Getting Older, onde ela fala sobre as dificuldades da fama, a pressão que sente, abusos que sofreu, trauma e como as pessoas se cansam rápido das coisas. Uma letra bastante sincera e vulnerável para introduzir o clima do resto do álbum.

Em seguida, na faixa I Didn’t Change My Number, que possui uma batida mais animada, mas ainda com letras profundas, ela canta sobre um relacionamento passado, a separação e se afastamento dessa pessoa e menciona conselhos de amigos sobre a situação. Uma surpresa para nós do Brasil: em Billie Bossa Nova, ela diz ter se inspirado na melodia no grande cantor brasileiro de Bossa Nova Antônio Carlos Jobim, e que Garota de Ipanema é uma de suas músicas favoritas. É fácil notar a referência no ritmo e isso deixa ela uma música muito boa de ouvir para ficar de boa.

my future, primeiro single do álbum, lançado ainda em 2020, Billie diz estar ansiosa para o futuro, mas de uma maneira otimista e como ficar sozinha é importante mesmo que seja difícil. Oxytocin — em português Oxitocina — é um hormônio conhecido como “hormônio do amor”, essa é uma das experimentações do álbum. Com a mistura de ritmos e batidas, a música foi feita para ser tocada ao vivo, de acordo com a cantora.

GOLDWING, a faixa mais curta do álbum, se inicia com vocais parecidos com corais de igreja, mas fica animada conforme passa. Há um contraste no quarto single Lost Cause, que conta sobre seu descontento em uma relação enquanto o clipe mostra Billie e amigas dançando, cantando e se divertindo. Em seguida, temos Halley’s Comet, sobre a sensação de se apaixonar.

Not My Responsibility, anteriormente um interlude, e OverHeated criticam a objetificação de mulheres e celebridades, sua imagem e a forma como as pessoas decidem seu valor com base em seu corpo. Everybody Dies — em português Todo Mundo Morre — é exatamente sobre isso e como é algo assustador e triste, mas reconfortante ao mesmo tempo. A faixa seguinte, Your Power, terceiro single do álbum, é feita para as pessoas se relacionarem com a letra e inspirar mudanças, ela fala sobre passar por diferentes situações em relacionamentos abusivos.

Agora com o quinto single NDA, Eilish retorna com um assunto recorrente pelo álbum: sua dificuldade com lidar com a fama, principalmente ao que se refere a manter relacionamentos privados. Para descontrair um pouco, chega o single “Therefore I Am”, uma faixa mais animada, com um clipe que representa esse sentimento. Dirigido pela própria Billie, ela anda por um shopping vazio se divertindo livremente.

O último single Happier Than Ever, que dá o nome ao álbum e a última música Male Fantasy, de certa maneira se completam. Ambas foram feitas com muito sentimento e emoção e falam sobre um término de relacionamento com uma pessoa que não te fez bem. Apesar de falarem sobre a mesma coisa, Happier Than Ever parece ser mais um desabafo e Male Fantasy, uma crítica, que também traz elementos de Not My Responsibility, dessa maneira, sendo mais forte para fechar o álbum.

Billie e Finneas, seu irmão e produtor musical, são uma ótima dupla, muito talentosa e é possível ver a evolução dos dois desde When We All Fall Asleep, Where Do We Go?. Billie cada vez mais melhora seus vocais e cresce como compositora. Finneas produziu e co-escreveu o albúm excelentemente e hoje já está entre os melhores produtores de Hollywood. Podemos ver facilmente como eles trabalham bem juntos, formam uma combinação que permite transmitir de maneira clara as mensagens de suas músicas. Com os conceitos visuais, a qualidade sonora e lírica, o álbum deve fazer ainda mais sucesso do que já faz.

Escute o álbum completo:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s