#FreeBritney: entenda o movimento que auxiliou na liberdade de Britney Spears

“It’s Britney Bitch”… Quem não ama a rainha do pop mais polêmica de todos os tempos? Na última quarta-feira (29), Britney Spears conseguiu liberdade, grande parte em decorrência da força que o Movimento Free Britney conquistou nos últimos tempos.

Por 13 anos a cantora viveu sob tutela do pai Jamie Spears, ou seja, todas as suas finanças e outros aspectos de sua vida privada e pública eram administrados e controlados por ele, já que foi considerada incapaz de cuidar de si própria. Mas por que isso aconteceu?

Desde o lançamento de Baby One More Time, Britney foi um grande foco das mídias, o que fez com que fosse seguida por diversos fotógrafos. Entre 2007 e 2008, a cantora foi considerada em colapso devido a alguns momentos conturbados, como o fim do seu casamento com Kevin Federline, ter raspado o cabelo em um salão de beleza de Los Angeles, agredido um paparazzi que insistiu em segui-la depois dela pedir privacidade, a perda da custódia dos dois filhos, Sean Preston e Jayden James, e a internação em uma clínica psiquiátrica.

Em decorrência disso, o pai de Spears pediu ao Tribunal Superior do Condado de Los Angeles uma tutela temporária de emergência, que se estendeu por 13 anos. No final do mês de junho deste ano, Britney deu um depoimento sobre a tutoria de James e contou toda a verdade. Nele, ela afirma que mentiu em dizer que estava bem e feliz, já que na verdade se encontrava deprimida e chorava todos os dias. Além disso, conta que era uma tutela abusiva e demorou para encarar os fatos: “Eu estive em negação, estive em choque, estou traumatizada”.

Na declaração, ela pede o fim da tutoria, já que se passaram muitos anos sendo desmoralizada e que pretende seguir sua vida, se casar e ter mais um filho — apesar de usar o dispositivo intrauterino (DIU), que a impede de engravidar e não possuir autorização de seus tutores para retirá-lo. Também relata que foi forçada a realizar uma turnê em 2018, a mudar sua medicação e muitas outras coisas que a fizessem se sentir como uma escrava. 

“Eu mereço um intervalo de dois a três anos. Me sinto cercada, intimidada, deixada de lado e sozinha. Cansei de me sentir sozinha. Mereço ter os mesmos direitos, ter um filho

ou qualquer uma dessas coisas. “

Britney Spears

O jornal The New York Times divulgou que esse não foi o primeiro pedido de remoção da tutela. Na primeira, em 2014, os advogados listaram diversos motivos, como o consumo de bebida, para que Jamie não fosse mais o tutor. Para Britney, é um método de manipulação sobre ela, principalmente pelo pai controlar quem ela namorava e fazia amizade. Caso cometesse algum erro, era punida, como em 2019 que foi forçada a se internar em uma instituição psiquiátrica, ou quando foi obrigada a se apresentar mesmo com uma febre de 40 graus.

Desde setembro de 2019, Jamie Spears não é mais o responsável pelos assuntos pessoais da cantora, apenas pelo lado profissional da tutela, devido a complicações na saúde. Assim, Jody Montgomery, cuidadora de Britney, assumiu o cargo. 

Em 2020, os advogados da artista entraram com uma ação para que seu progenitor deixasse a tutela e de acordo com eles, ela sentia medo e não aceitava retornar a carreira enquanto James gerenciasse sua vida. Inicialmente, a juíza Brenda Penny negou o pedido e nomeou a empresa Bessemer Trust, que supervisiona famílias, como co-tutora junto ao pai. Além disso, a mãe da Britney, Lynne Spears, se sugeriu como parte interessada no cargo de tutora, afirmando que o relacionamento entre o pai e a filha era tóxico.

Imagem: Reprodução/Instagram

Em agosto deste ano, o pai de Spears desistiu da tutoria da cantora, ao alegar querer ajuda na transição para um novo tutor, mas defende que não existem motivos que o tenham levado a desistir da função. Entretanto, o advogado de Britney acredita que essa desistência comprova a veracidade do depoimento feito por ela em junho. Mathew S. Rosengart declara que: “Estamos satisfeitos que o senhor Spears e seu advogado tenham hoje concedido em um processo que ele deve ser removido. Prova que Britney estava certa”.

Na última quarta, a juíza Penny concedeu liberdade a artista e suspendeu definitivamente Jamie Spears da função de tutor. A magistrada nomeou o contador público John Zabel para supervisionar as finanças da cantora temporariamente, e os advogados acreditam que a juíza irá encerrar a tutela de Britney.

Como começou o #FreeBritney

Breathe Heavy, um site de fãs da Britney Spears, iniciou a campanha #FreeBritney em 2009 para criticar as restrições da tutela. O criador do site, Jordan Miller, afirmou em entrevista ao The New York Times, que recebeu uma chamada de Jamie Spears com ameaças para que o movimento fosse retirado do ar. Além disso, em 2016, Miller declarou que entendia a família da cantora: “Era uma situação realmente volátil e eles estavam a tentar protegê-la”.

Os rumores sobre a tutela retornaram em janeiro de 2019, quando ocorreu o cancelamento da segunda residência em Las Vegas, Britney: Domination, devido às complicações de saúde do pai. No Instagram, a cantora expõe que decidiu colocar todo seu foco e energia na sua família, e que é um alívio ele ter saído vivo, mas que ainda tem muito caminho pela frente.

Logo após isso, foi possível acompanhar um hiatus (intervalo) nas redes sociais de Britney, seguidas de vídeos de dança e selfies. Em abril de 2019, publicou um post enigmático no Instagram sobre tirar um tempo de si, e o TMZ noticiou que a cantora se internou em uma clínica de saúde mental por estar transtornada pela saúde do pai. O podcast Britney’s Gram, é dedicado à análise das publicações da artista, e divulgou no episódio #FREEBRITNEY, uma mensagem de voz de uma fonte anônima que alegava ser um paralegal com conhecimentos da tutela. Em decorrência disso, diversas preocupações foram colocadas em pauta, principalmente o bem-estar de Spears e a sua capacidade em tomar as próprias decisões.

No final do mesmo mês, vários fãs se reuniram em frente ao City Hall de West Hollywood para protestar contra a tutela. Britney por sua vez, foi ao Instagram dizer que estava tudo bem, e que não era para as pessoas acreditarem em tudo que lessem. De acordo com a The Rolling Stones, a mãe Lynne Spears, “gostou” de algumas publicações e comentários no Instagram que se referiam ao Movimento Free Britney.

Durante a quarentena, realizada por conta da pandemia do Coronavírus, a cantora compartilhou nas redes sociais coreografias, selfies e cartões com citações intrigantes. Alguns fãs acreditavam que isso era um meio de pedir socorro, o que gerou um grande debate na internet. A teoria ganhou mais força quando solicitaram que ela usasse amarelo se precisasse de ajuda e postasse fotos de pombas, e a mesma fez o que foi pedido. Uma petição online exigiu que Britney ganhasse mais autonomia, e conseguiu mais de 200 mil assinaturas. Como resultado, ocorreram ao longo do tempo diversas manifestações em prol da liberdade da artista. E na última quarta-feira, assim que a juíza Brenda Penny informou sua decisão, foi motivo suficiente para comemorações.

O documentário Framing Britney Spears: A vida de uma Estrela, disponível na Globoplay, mostra toda a carreira dela e a luta contra o pai no tribunal. Além disso, conta detalhadamente sobre o Movimento Free Britney. Recentemente, a Netflix também lançou um documentário sobre a vida da cantora, Britney X Spears, onde a jornalista Jenny Eliscou e a documentarista Erin Lee Car, exibem toda a história já conhecida pelo público, porém mais aprofundado com entrevistas exclusivas e documentos confidenciais. Britney comentou em seu Instagram que tenta se dissociar do drama e que isso já é um passado na sua vida.

Estar livre de uma tutela que controlava todos os passos de sua vida é uma grande conquista para todos os fãs, organizações de pessoas vulneráveis e defensores dos direitos cívicos que apoiavam a cantora, e principalmente para própria Britney Spears. O Movimento Free Britney foi de extrema importância para esse feito e é explícito na conta do Instagram da cantora em como ela se encontra feliz nessa nova etapa da sua vida e profissão.

Resta esperar o que será da carreira da cantora agora após o fim da tutela, se irá lançar músicas novas e até sair em turnê. Mas uma coisa é certa: todos querem um retorno triunfal da princesa do pop!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s