Fenômeno Anitta: de Honório Gurgel para o mundo

Não é de hoje que Anitta chama a atenção para promover a carreira. Através da criatividade, ela desenvolve grandes estratégias de comunicação e marketing, e conquista a cada ano, pessoas com idades e gostos musicais diferentes.

No mês de setembro, a cantora foi assunto por participar de dois grandes eventos: a premiação do Video Music Awards, sendo a primeira brasileira a se apresentar no palco do VMA, e o baile anual do Metropolitan Museum of Art, mais conhecido por Met Gala.

Mas como ela começou?

Em 2011, a artista foi convidada por Renato Azevedo, produtor independente da Furacão 2000, para realizar alguns testes após ter visto alguns de seus vídeos. Depois de ser aprovada, assinou com a produtora, passando a ser conhecida no Rio de Janeiro. E a partir dos bailes funks, sua carreira foi crescendo.

No ano seguinte (2012), começou a ser empresariada por Kamilla Fialho, que investiu na gravação de Meiga e Abusada, a qual atualmente possui mais de 111 mil visualizações no YouTube. Por mais que não seja a composição de maior destaque, essa canção entrou no top 10 das músicas mais pedidas nas rádios brasileiras e abriu portas para que a cantora assinasse contrato com a Warner Music.

Um tempo depois, ganhou destaque por todo o Brasil através do lançamento de Show das Poderosas, principalmente devido ao novo estilo, indicando que seu foco seria mais voltado para o pop. Na época, se tornou o vídeo mais visto do YouTube Brasil, com mais de 10 milhões de streams.

Se tornou a primeira brasileira a ganhar o Europe Music Awards em 2015 da MTV, na categoria de Worldwide Act Latin America. Depois de algumas músicas de sucesso, como Menina Má e Fica Só Olhando, divulgou o terceiro disco Bang, onde a canção de mesmo nome, foi tão reconhecida quanto a de 2013. A partir disso, Anitta ganhou cada vez mais destaque na mídia, principalmente com estratégias para se manter presente no cotidiano do consumidor com redes sociais, parcerias musicais e novos lançamentos.

Anitta e a visão de mercado

Em 2017, a cantora passou a investir em colaborações, com cantores como Wesley Safadão e Nego do Borel. Também lançou o primeiro single em inglês com a rapper Iggy Azalea, Switch. Meados do mesmo ano, se reuniu ao grupo estadunidense Major Lazer e a cantora Pabllo Vittar para o lançamento da música Sua Cara, e assim conquistou mais um sucesso.

Depois disso, começou a focar em uma carreira internacional com o projeto CheckMate, xeque-mate em português. O trabalho possui duas músicas em inglês, Is That For Me, parceria com o DJ Alesso e outra com o produtor Poo Bear, Will I See You. Já Downtown, feat com o cantor J Balvin, é em espanhol, e não poderia faltar também o clássico funk, Vai Malandra. A série documental Vai Anitta, na plataforma de streaming Netflix, exibe um pouco desse trabalho, além de detalhar todo o início da carreira da artista.

Para promover o projeto, Anitta espalhou peças de xadrez pelas cidades de São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Todas os itens traziam o nome da cantora e quem buscasse saber sobre, descobria sobre o CheckMate. Esse método é conhecido por live marketing – marketing ao vivo – e proporciona uma interação com o público, o que ocasiona diálogo entre marcas e pessoas, promove engajamento. É a compreensão completa e diferenciada de serviços, produtos e branding em uma só experiência. Além disso, outra estratégia usada foi o surgimento da artista em algumas lojas da C&A.

Anitta fortaleceu seu networking – rede de contatos – através de portais, como o Hugo Gloss, e influenciadores. Também, esteve presente em colaborações com outros cantores de diferentes gêneros, e por muito tempo, cobrou mais baratos nos shows para poder se apresentar em outros lugares do país, como exemplifica no documentário.

Em uma estratégia para alcançar o público infantil, a artista lançou o desenho Clube da Anittinha, e chegou até a apresentar uma versão colecionável da personagem. Também produziu o Show das Poderosinhas com cenários, figurinos, coreografias e repertórios desenvolvidos para os fãs mirins.

Com o tempo, passou a ser um ícone da cultura pop LGBTQIA+. Em 2018, se apresentou na Parada LGBT, onde até se vestiu estampada com as cores da bandeira do movimento.

[Imagem: Divulgação/AG News]

No mesmo ano, aconteciam as eleições para Presidente, e com isso, acabou sendo criticada após se recusar a se manifestar sobre Jair Bolsonaro. Praticamente dois anos depois, se uniu a Gabriela Prioli em uma live no Instagram para falar sobre política, mas demonstrou não entender muito sobre o assunto.

No último Rock In Rio (2019), Anitta levou o funk pela primeira vez ao Palco Mundo, rebolando em um cenário inspirado no Furacão 2000. “Se eu fosse contar tudo que passei até chegar aqui, talvez vocês não acreditassem. Por isso, hoje, quero agradecer a mim, porque eu não desisti” afirma a cantora em um dos momentos do show. Depois, recriou o espetáculo gratuitamente em Honório Gurgel, cidade onde cresceu, e mostrou os bastidores na série Anitta Made in Honório, na Netflix.

Em meio a tanto destaque, ficou em alta no mercado publicitário e fechou parceria com diversas marcas. Além da Anitta usar da influência para conectar seu público com a empresa parceira, ela não se prende apenas a grandes negócios, mas também, a influenciadores e celebridades. O exemplo mais recente é com a ex-BBB Juliette, que chegou a se hospedar na casa da cantora para trabalhar no primeiro álbum.

As duas grandes colaborações da artista são com as empresas Samsung e a Skol Beats. Foi anunciada head de criatividade da bebida alcóolica mista em meados de 2019 e desde então, ajuda com os lançamentos, como 150 BPM e Beats Zodiac. Também já esteve estampada em produtos como Rexona e Coca-Cola. Recentemente, fez presença em uma campanha da Magalu, onde lançou uma coreografia no TikTok e agora, é parte do time administrativo do banco digital Nubank.

É possível enxergar um movimento da cantora nos últimos tempos focado na indústria internacional. Além das colaborações musicais com artistas como Cardi B, Madonna e Saweetie, ela desenvolveu uma parceria com o Burger King para a criação do combo Larissa Machado, nome próprio da cantora. O intuito dessa estratégia é mostrar que os produtos da franquia são tão reais, que os famosos usam nomes de batismo, e não os artísticos.

Em decorrência dessa colaboração, Anitta foi convidada a se apresentar no Video Music Awards, sendo a primeira brasileira a conseguir esse marco em uma das maiores premiações norte-americana. No evento, performou Girl From Rio, um dos últimos sucessos nas paradas, porém o canal da MTV Brasil não exibiu a apresentação por ter ocorrido durante os comerciais.

A música com o sample de Garota de Ipanema, clássica bossa-nova, foi parar no Top 40 das rádios americanas. Durante entrevista ao Profissão Repórter, ela fala sobre a dificuldade de manter uma carreira internacional: “É uma coisa que é muito difícil, que você não vê assim. Só é possível até alguém conseguir”. Além disso, Anitta passou a investir em novos mercados, recentemente emplacou Mon Soleil, feat com o cantor francês Dadju, que permaneceu por quase três meses no Top 50 do Spotify França.

A artista também foi convidada a comparecer pela primeira vez no Met Gala, uma festa beneficente organizada pelo museu de arte Metropolitan de Nova York. A presença foi convite de Alexandre Birman, diretor executivo do grupo Arezzo & Co, que representa o Brasil no baile há três anos. O look de Anitta foi escolhido por Anna Wintour, editora-chefe da Vogue americana e diretora de conteúdo global da Condé Nast.

Se consolidar mundialmente e ser reconhecida pela revista Forbes como um dos maiores nomes da indústria fonográfica, é de fato uma grande conquista, principalmente por muitos artistas brasileiros que não conseguirem chegar até onde ‘Anira’ está. Ela é um ótimo exemplo de profissional, que possui muito foco para realizar os seus trabalhos e merece ser reconhecida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s