Oscar 2022: conheça os indicados a ‘Melhor Canção Original’

A 94ª cerimônia do Oscar, que acontecerá no dia 27 de março, anunciou há duas semanas os indicados de suas categorias. Depois de uma pré-lista cheia de promessas e apostas no mundo da música, finalmente é possível conhecer os nomeados para Melhor Canção Original.

O destaque da lista vai para a música No Time to Die de Billie Eilish e seu irmão, Finneas O’Connell, para o filme 007: Sem Tempo para Morrer. A faixa ganhou ano passado o Grammy de Melhor Música Escrita para Mídia Visual e garantiu também o Globo de Ouro em Melhor Canção Original. A canção favorita para o prêmio debutou em 16º lugar na Billboard Hot 100 e fez história ao alcançar o topo da parada musical britânica de singles

É interessante destacar que se caso Billie e Finneas ganhem o prêmio, será a terceira vez que uma música tema da franquia de James Bond leva uma estatueta na premiação. Em 2012, Skyfall de Adele ganhou a categoria e Sam Smith venceu com Writing ‘s On The Wall em 2015.

Outra indicação importante foi a música Be Alive de Beyoncé e DIXSON para o filme King Richard: Criando Campeãs. Essa foi a primeira nomeação dos artistas ao Oscar e se tornou histórica, pois após 25 anos de carreira, a artista foi indicada à premiação.

A canção é tocada nos créditos finais e a inspiração para a produção da faixa veio após Beyoncé assistir a uma exibição prévia do longa. Will Smith, protagonista da cinebiografia, contou à revista Entertainment Weekly que a cantora quis contribuir com uma música para o filme, pois a história das irmãs tenistas, Venus e Serena Williams, a inspirou por se assemelhar muito ao desenvolvimento da carreira da artista.

King Richard: Criando Campeãs conta a história de Richard Williams, pai e treinador de Venus e Serena Williams. [Imagem: Divulgação/Veja]

A terceira nomeação da categoria foi Dos Oruguitas escrita por Lin-Manuel Miranda e cantada por Sebastian Yatra para a animação Encanto. Miranda já foi indicado na categoria em 2017 por How Far I’ll Go do filme Moana e colaborou em algumas outras produções musicais dos estúdios Disney. A faixa de Encanto foi a primeira música totalmente escrita em espanhol pelo artista e conseguiu chegar a 36ª posição na Billboard Hot 100, sendo também a primeira entrada do cantor colombiano Sebastian Yatra na parada musical. 

O mais curioso da indicação de Dos Oruguitas é que, outra música da trilha sonora de Encanto acabou se tornando o maior sucesso de uma animação da The Walt Disney Company e não foi submetida a premiação. We Don’t Talk About Bruno, escrita também por Lin-Manuel Miranda e cantada pelo elenco do longa, alcançou o topo das paradas musicais da Billboard Hot 100 e Global 200, se mantendo estável há quatro semanas. 

O álbum da trilha sonora do filme está no Top 10 de álbuns globais no Spotify desde dezembro do ano passado e chegou ao primeiro lugar ainda em janeiro, se mantendo quatro semanas no topo. Já We Don’t Talk About Bruno aparece há cinco semanas no Top 10 de músicas globais da plataforma, alcançando a 8ª posição.

Lin-Manuel Miranda explicou à revista Rolling Stones o motivo da música não ter aparecido na premiação, e segundo o artista, ninguém da equipe podia prever que a trilha sonora seria tão popular e que We Don’t Talk About Bruno fosse a música de maior destaque da animação.

Além disso, Miranda afirmou que normalmente são enviados para a consideração do Oscar a canção que melhor exemplifica o espírito do filme e Dos Oruguitas apresenta a história principal do longa. Outra explicação plausível, é que todos os pré-indicados precisam ser enviados até 1º de novembro e na época a música sobre o personagem Bruno ainda não tinha virado um hit global.  

We Don’t Talk About Bruno se tornou a música da Disney com mais semanas no topo da Hot 100. [Imagem: Divulgação/Billboard]

A quarta nomeação de Melhor Canção Original ficou para Somehow You Dode Diane Warren para o filme Quatro Dias Com Ela. A música cantada por Reba McEntire, é a 13ª indicação da compositora e produtora Warren. Infelizmente, a artista nunca ganhou a categoria, mesmo estando presente em 5 edições seguidas nos últimos anos. 

A última indicação, e a mais polêmica, é Down to Joy de Van Morrison para o filme Belfast. Baseada em uma demo da música não lançada, Coming Down to Joy,a versão da trilha sonora do longa não pode ser encontrada em nenhuma plataforma de streaming. Isso porque, Morrison se mostrou contra o lockdown durante a pandemia do Covid-19 e até lançou músicas pedindo o fim da medida sanitária. A promoção da contribuição do artista na obra cinematográfica foi bem menor, exatamente por medo das polêmicas do cantor.

Cena do filme Belfast, que será lançado em março nos cinemas brasileiros. [Imagem: Divulgação/Folha de S.Paulo]

Como toda boa premiação, nem todos os favoritos do público e da crítica acabam sendo indicados. As três faixas consideradas esnobadas desta edição são Guns Go Bang de Kid Cudi e Jay Z para o filme Vingança & Castigo, Here I Am (Singing My Way Home) de Jennifer Hudson para a cinebiografia Respect: A História de Aretha Franklin e Just Look Up de Ariana Grande e Kid Cudi para o longa Não Olhe Para Cima

Apesar de terem sido indicadas em algumas outras premiações que servem de termômetro para o Oscar, as músicas acabaram não sendo lembradas pela a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e só contribuíram para a divulgação dos respectivos filmes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s