Pushin P: entenda a gíria que ganhou as redes sociais

Você já deve ter visto em algum lugar o emoji azul 🅿️ na sua timeline, seja na legenda de um post do Instagram ou até no Twitter. Desde o lançamento do álbum DS4Ever, com o título alternativo de Drip Season 4Ever, o rapper Gunna vem tentando popularizar o termo “pushin P”. O significado é simples, ou a atitude é considerada “P” ou não é, o que significa que o termo é positivo. Se você está fazendo algo legal e bom, definitivamente está “pushin P” e se está sendo ruim e idiota, certamente não está sendo “P”.

Tradução: “Arriscar sua vida para alimentar sua família é 🅿️”
Tradução: “Ser leal é definitivamente 🅿️”

A explicação do termo parece complicada, por isso Gunna ficou semanas antes do lançamento do álbum colocando a frase em contexto nas suas redes sociais. O motivo é que Pushin P, também é o título de um dos singles do disco, sendo uma colaboração do rapper com Future e Young Thug. Apesar do artista ter popularizado o termo, há alegações de que ele já era usado em algumas partes do Sul dos Estados Unidos, como no estado do Texas.

O single alcançou o 7º lugar na Billboard Hot 100 e ficou quatro semanas consecutivas no top 10, se tornando a primeira entrada de Gunna na parada musical com uma música de estreia. No Top 10 dos Estados Unidos no Spotify, a faixa alcançou o segundo lugar e se manteve 8 semanas entre as músicas mais tocadas do país.

O videoclipe de Pushin P é também um grande exemplo de situações e atitudes que seriam consideradas “P”, contando com ambientes cercados de luxo e boates que encaixam nos versos do single.

Já o álbum DS4Ever, o quarto e último da série Drip Season de Gunna, alcançou o topo da Billboard 200, superando até The Weeknd e seu tão esperado projeto Dawn FM. Com 20 faixas, o projeto conta com uma lista de colaborações que incluem Drake, 21 Savage, Kodak Black, Lil Baby, Future, G Herbo, Nechie, Chris Brown, Young Thug, Roddy Rich, Yung Bleu e Chlöe.

No site de avaliações Metacritic, o álbum ganhou nota 51 e não impressionou os críticos. Mas a parceria com outros artistas e a popularização nas redes sociais de pushin p, foi o necessário para conseguir a Gunna o topo das paradas de álbuns na Billboard pela segunda vez consecutiva.

Capa do álbum DS4Ever, lançado em 7 de janeiro deste ano. [Imagem: Divulgação/Spotify]

A divulgação não parou depois do lançamento do álbum, o emoji azul com a letra “p” foi parar até no merchandising do rapper. Na loja oficial de Gunna é possível adquirir um boné da New Era por 55 dólares (R$ 278) e um casaco bordado com o símbolo por 88 dólares (R$ 445).

Até um teaser de um livro infantil com o tema de Pushin P o rapper mostrou pelos stories do Instagram. Com o nome 6 Things I do to be Pushing P, a promessa do projeto é mostrar 6 passos para as crianças atingirem o status considerado “P”. Criado por Brian “Bwrightous” Wright e ilustrado por Lavan Wright, a publicação tem promessa de ser lançada ainda esse ano.

Se engana quem pensa que não houve polêmica com a frase, infelizmente, o rapper acabou se envolvendo em um escândalo de fraude em uma criptomoeda. Em um tweet já apagado, Gunna teria divulgado uma moeda digital com o nome pushinpeth, inspirada no fenômeno Pushin P. Mas os fãs que se arriscaram no projeto se depararam com algo parecido a um golpe conhecido como “puxão de tapete”.

O que aconteceu foi que o valor da criptomoeda em poucas horas de lançamento caiu drasticamente a zero e os investidores acabaram perdendo muito dinheiro. Logo após o escândalo, o artista se pronunciou no Twitter novamente alegando que teve a conta hackeada e não estava envolvido em nenhum tipo de fraude. Apesar disso, o site da moeda Pushin Peth continua no ar e referencia o movimento pushin p e o rapper Gunna.

Tradução: “Aos meus seguidores e fãs! Eu não sabia nada sobre esse golpe “pushin peth”. Alguém hackeou meu Twitter e eu imediatamente apaguei o tweet! Eu nunca assinaria qualquer fraude ou golpes em particular ou publicamente! E eu sinto muito para qualquer um que foi enganado!”

Com insistência do artista nas redes sociais sobre o tema, a gíria “pushin 🅿️” acabou conquistando marcas famosas e até celebridades. A Nike e a IHOP, marca de restaurantes de panquecas, foram algumas das empresas que usaram o Twitter para se juntar à trend com o emoji em um trocadilho com as palavras que iniciam com a letra p. A Plataforma de streaming, Tidal, foi além e até mudou o nome e a capa do perfil do twitter, com uma imagem do logo da empresa, literalmente, empurrando a letra p.

Tradução: “Nós sempre estamos impulsionando 🅿️anquecas”
Tradução: “Nós tivemos uma reunião interna, e sem entrar em detalhes, nós estaremos impulsionado 🅿️ o ano todo.”
Mudança feita no Twitter oficial do Tidal.
[Imagem: Twitter/YoungStonerLife]

Para consolidar uma tendência na internet, é preciso que ela passe pelo menos por uma das Kardashians. Por sorte, Gunna pode ver Kim Kardashian adotando ao “pushin p” em uma de suas fotos de viagem na praia. Entrar na trend é fácil, a maioria das celebridades sutilmente soma o emoji azul a qualquer palavra iniciada com p. O rapper enfatiza o uso de palavras positivas, mas há aqueles que utilizam com qualquer termo para o trocadilho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s