Sleeper Hits: conheça algumas músicas que demoraram para estourar

Às vezes na indústria musical, existe um fenômeno chamado Sleeper hits, que são as músicas que se tornam um sucesso depois de anos ou meses que foram lançadas. Com a internet e as redes sociais, uma canção pode viralizar e crescer de maneira orgânica nas paradas musicais, vencendo um lançamento fracassado ou pouco investimento por parte do artista.

No Tik Tok, ocasionalmente uma música antiga vira uma trend no aplicativo. Foi o que aconteceu com a faixa Heat Waves da banda britânica Glass Animals. Lançada em junho de 2020, como single do álbum Dreamland, a canção quebrou o recorde de crescimento na parada musical Billboard Hot 100, chegando ao topo do chart em 59 semanas. 

Heat Waves chegou ao número 1 da Billboard Hot 100 em março de 2022 e permaneceu no topo por 5 semanas, quase dois anos após seu lançamento, e muito se deve à viralização do refrão da música no TikTok em 2021. Na Billboard Global 200 atingiu o topo e se manteve por 6 semanas na posição.

Outro hit antigo inesperado da rede social foi Beggin, versão cover da banda italiana Måneskin. Originalmente a canção foi lançada pela banda americana The Four Seasons em 1967 e ao longo dos anos ganhou várias regravações e remixes. Quando estava concorrendo no X Factor Itália, a banda Måneskin apresentou um cover da famosa música, que mais tarde integrou o EP de estreia Chosen em 2017. 

Em 2021, a banda ganhou o Eurovision, competição musical europeia, e algumas de suas músicas começaram a aparecer nas paradas musicais depois de 4 anos de lançamento. No Tiktok, Beggin foi uma das canções virais e chegou a atingir o terceiro lugar na Billboard Global 200. Além disso, alcançou o topo do chart de rádios Alternativo e Rock da Billboard, e ficou na 13° posição na Billboard Hot 100, sendo esse o debut da banda no chart.

Talvez um dos casos mais interessantes de Sleeper hits dos últimos anos foi da canção Truth Hurts da cantora Lizzo. Lançada oficialmente em 2017, a música não fez muito sucesso e não alcançou nenhuma parada musical. Mas o single, depois de dois anos, acabou virando uma trend nas redes sociais chamado #DNATest, em que brincando com alguns versos da música, os usuários podiam adaptar a letra com o que se identificavam.

Para ajudar ainda mais na viralização, a faixa apareceu no trailer do filme Alguém Especial da Netflix e foi cantada por uma das personagens, em uma das melhores e mais compartilhadas cenas do longa. Com isso, a canção foi adicionada na versão deluxe do álbum Cuz I Love You de Lizzo, lançado no início de 2019.

Truth Hurts atingiu o topo da Billboard Hot 100 e permaneceu por 7 semanas no primeiro lugar da parada musical, sendo essa a primeira faixa da artista a ter esse feito. Mesmo tendo sido lançada em 2017, a música foi elegível para o Grammy Awards de 2020. Sendo indicada em três categorias, Música do Ano, Gravação do Ano e Melhor Performance Pop Solo. Truth Hurts levou o gramofone em Best Pop Solo Performance.

Além disso, a canção foi incluída em listas importantes, como as 500 melhores músicas de todos os tempos definidas pela revista Rolling Stones e músicas que definiram uma década pela Billboard.

Lizzo no Grammy 2020 com suas vitórias em Melhor Performance Pop Solo, Melhor Performance de R&B Tradicional e Melhor Álbum Contemporâneo Urbano. [Imagem: Reprodução/Getty Images]

Quem diria que um dos maiores sucessos do início da carreira de Lady Gaga também foi um Sleeper hit? Just Dance, com participação de Colby O’Donis, foi lançada em abril de 2008 como lead single do álbum de estreia da cantora, The Fame. Mas mesmo com boa recepção da crítica, a faixa só atingiu o primeiro lugar do chart Billboard Hot 100 em janeiro de 2009, 9 meses desde o lançamento e permanecendo por 3 semanas no topo. 

O single foi indicado ao Grammy de 2009 na categoria de Melhor Gravação Dance e o crescimento orgânico da música em 22 semanas na Billboard Hot 100, pode ser facilmente atribuído ao sucesso que Just Dance foi obtendo nos clubes e baladas americanas.

 Poker Face, também de Lady Gaga, fez caminho semelhante. Lançada em setembro de 2008 como segundo single do The Fame, a música não teve desempenho comercial relevante na época. Mas com o sucesso de Just Dance, a faixa começou a subir nas paradas musicais. 

Após 4 meses de seu lançamento, Poker Face atingiu o topo da Billboard Hot 100 e na época a cantora se tornou a primeira artista em 10 anos a conseguir colocar seus dois primeiros singles em primeiro lugar no chart. A música recebeu indicações no Grammy Awards de 2010 nas categorias de Gravação do Ano e Música do Ano, e ganhou Melhor Gravação Dance.

Outro caso de Sleeper hit que aconteceu na década passada foi Sail da banda americana Awolnation. Sendo lançada pela primeira vez em 2010 no EP de estreia, Back From Earth, e depois incluída no primeiro álbum do grupo, Megalithic Symphony, em 2011. A faixa entrou na Billboard Hot 100 em setembro do mesmo ano, na 89ª posição, e após 20 semanas no chart saiu da parada musical.

Depois de dois anos, a faixa entrou novamente na Billboard Hot 100alcançando a posição 17 e permaneceu por 79 semanas entre as 100 músicas mais ouvidas dos Estados Unidos. Sail se tornou a terceira canção com mais semanas na Billboard Hot 100, atrás somente de Blinding Lights do The Weeknd com 90 semanas, e Radioactive do Imagine Dragons com 87 semanas.

A razão desse fenômeno depois de muito tempo foi pelo uso da música em diferentes propagandas, vídeos pela internet e programas televisivos. A faixa apareceu no trailer da série Vikings da History Channel, na trilha sonora de um vídeo de wingsuit que viralizou em 2011 que hoje conta com mais de 30 milhões de visualizações, em diversos vídeos da rede social Vine, no comercial da BMW e em séries e filmes como Os Desconectados, Meu Eterno Talvez, Fleabag e The Walking Dead.

Outro destaque fica para a canção Habits (Stay High) da cantora sueca Tove Lo. Inicialmente, a música foi lançada independentemente pela artista em 2013 com o nome apenas de Habits, sendo esse o seu segundo single lançado sem o apoio de uma gravadora. Depois de Tove Lo assinar com a Universal Music, a faixa foi relançada em dezembro do mesmo ano servindo com o segundo single do EP, Truth Serum, e como o lead single de seu álbum de estreia, Queen of the Clouds.

A música entrou nas paradas musicais em 2014, um ano após o relançamento, e alcançou a terceira posição na Billboard Hot 100. Um remix da canção foi lançado na metade de 2014 e impulsionou o hit nas paradas, no Youtube a versão do duo Hippie Sabotage é a com mais visualizações.

É interessante perceber a longevidade que algumas dessas músicas apresentaram. Independente da época que foram lançadas, o seu sucesso não estava atrelado a alguma fase da indústria musical, pelo contrário, pode-se dizer até que estavam à frente de seu tempo. 

Atualmente, com as redes sociais, um grande fenômeno na música pode surgir sem grande investimento e divulgação. O crescimento orgânico através dos fãs e viralização espontânea de algum vídeo que utilize a canção na internet pode ser o suficiente para marcar um hit em ascensão. 

Para os cantores e os fãs de música, é uma boa notícia que nenhuma faixa ou single esteja destinado ao fracasso imediato, e que só depende de um pouco de tempo para a descoberta de tais artistas. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s