Conheça o signo de Libra: os indecisos do zodíaco!

Libra é o signo cardinal do ar representado pela balança – único objeto inanimado do zodíaco – ou seja, cria um senso de equilíbrio para a vida das pessoas. Os librianos são pessoas muito sociáveis, extrovertidas, amigáveis e gostam de harmonia, paz e justiça. Libra utiliza muito seu charme, inteligência e franqueza para vagar pelas situações da vida – e são muito dedicados em áreas que envolvem outras pessoas ao agir como mediadores no dia a dia. 

Uma pessoa de libra é nascida entre 23 de setembro e 22 de outubro. São extremamente cuidadosos com as palavras para conseguir atingir o maior número de pessoas possível. Dominado por Vênus, o signo de libra procura muita beleza, a arte, o amor, e até dinheiro. Como gostam muito de ambientes intelectuais e belos, dariam ótimos arquitetos, estilistas, e críticos de arte. Por outro lado, toda essa necessidade de validação por parte dos librianos pode trazer inseguranças, e assim, algumas características mais complexas, como: indecisão, futilidade, instabilidade e até intolerância.  

O sol em libra representa diplomacia e equilíbrio, apesar da inconstância e indecisão presentes no dia a dia. É agradável de se ter por perto. O ascendente neste signo se dá por uma pessoa carismática, amigável, muito bonita e influente – é uma ótima posição para cargos em situações sociais. Já a lua em libra adora estar rodeada em um grupo social, procura sempre uma reciprocidade em qualquer relacionamento que tenha. Além da gentileza, buscam equilíbrio emocional. 

Libra no planeta mercúrio pondera muito antes de dar qualquer tipo de opinião, preza sempre a diplomacia e a própria popularidade. Costumam fazer sucesso. A vênus em libra é a própria graciosidade. São muito gentis e carismáticos; além de terem um ótimo bom gosto e uma sociabilidade fora do comum, também querem agradar demais aos outros. O marte em libra se define por uma atração a tudo que é belo, e também assertividade. 

Como librianos são pessoas extremamente sociáveis e extrovertidas, gostam de ter vários amigos e também vários relacionamentos. Se dedicam bastante em agradar aos outros e cultivar essas relações, focam na beleza e na construção de algo junto com seus amigos e/ou parceiro(a). Combinam, principalmente, com os signos aquário, áries, leão e sagitário.

Como o signo libra é regido pelo planeta Vênus, em 2022 há muita beleza que o espera. A necessidade da estética perfeita e se sentir bem com sua aparência e aparência dos seus arredores fica muito presente nessa época. Mercúrio está retrógrado, então é importante ler a mensagem duas vezes antes de enviar para evitar erros de comunicação – e ficar em paz esse mês.

Guia prático de como superar um coração partido

Quebrar a cara no amor faz parte da vida, experiências amorosas que começam como um sonho podem terminar como um pesadelo. Atire a primeira pedra quem nunca teve um crush que quebrou seu coração ou um término de relacionamento que te deixou mal. 

Mas já pensou se existisse uma fórmula mágica de como superar um coração partido? Para nossa tristeza, ela não existe, mas a Frenezi reuniu algumas dicas para te ajudar! 

1. Respeite seu tempo

As memórias não vão sumir da noite para o dia. E a última coisa que você deve fazer é tentar esquecer dos momentos compartilhados e deixar tudo para trás. Dê tempo ao tempo e sinta o fim do seu relacionamento. Chore sem culpa, permita-se se sentir na fossa, mas não fique lá por muito tempo.

É importante lembrar que não há recuperação instantânea no fim de um relacionamento. Ao mesmo tempo, se a sensação de tristeza e desânimo não passar, procure ajuda de pessoas próximas ou de um psicólogo.

2. Converse com a sua rede de apoio

Ter apoio de amigos e familiares neste momento é fundamental. Falar sobre sentimentos com pessoas de confiança é uma ótima oportunidade de receber conselhos e organizar melhor os pensamentos.

Além disso, estar com amigos e familiares pode te ajudar a entender que não estamos sozinhos. E que na companhia das pessoas certas, mesmo com sentimento de solidão, podemos ver o lado bom da vida. 

3. Stalkear? Nunca mais!

Procurar o ex nas redes sociais é tentador. Afinal, todos queremos saber o que ele está fazendo ou até se já encontrou um novo alguém. Mas essa não é a melhor maneira de lidar com a situação. 

O contato, por mais que seja virtual, pode aumentar sua carência e dificultar o processo de superação. Por isso, seja a favor da frase ‘ o que os olhos não vêem, o coração não sente’. Não é necessário bloquear, mas ao mínimo sinal de stalk, silencie o perfil – pelo menos até você superar o fim do relacionamento.

4. Tire um tempo para você

Autocuidado é a chave para se entender melhor e ter um relacionamento saudável com você mesma! Descobrir atividades que te dão prazer é um bom começo. Por isso, teste diversas opções: leia livros, escute suas músicas favoritas, saia de casa para conhecer aquele restaurante que você sempre quis ou inicie uma aula de dança. Momentos de solitude são importantes para entender que você é a sua melhor companhia!

Conheça o signo de Virgem: O mais analítico do zodíaco!

O signo de virgem é um dos mais estereotipados do zodíaco. São regidos por mercúrio e têm como característica principal o famoso pé no chão, a realidade. Como é um signo muito prático, é conhecido por conectar as pessoas com rotinas e hábitos. Limpeza, organização, jogar tudo fora para melhor qualidade de vida define a temporada de virgem. O sol entra nessa season no dia 22 de agosto e vai até dia 22 de setembro. 

É um signo da terra, e como tal é sempre cercado de uma natureza analítica, costuma prestar atenção nos detalhes e é muito trabalhador. Podem ser extremamente perfeccionistas ao ponto de exaustão. São mutáveis, e estão sempre prontos a se adaptar a outras situações. 

Pessoas virginianas têm a chave para o sucesso, já que possuímos artistas muito famosos como Beyoncé, Zendaya, Blake Lively, Michael Jackson, Freddie Mercury nesse espectro. Toda reflexão, intelectualismo, trabalho duro e meticulosidade do signo de virgem é a pura representação da vida dessas celebridades. Os virginianos costumam ser humildes, práticos, naturais, simpáticos, metódicos, pensam rápido e possuem muita energia mental para lidar com o estresse. Já por outro lado, são muito críticos e julgam a si mesmo e aos outros – além de não aceitar opiniões alheias. 

O sol em virgem define uma pessoa prática e com bom senso, muito trabalhadora e perfeccionista – e extremamente metódica. Quem possui a lua nesse signo costuma demonstrar seus sentimentos de uma maneira racional, porém são curiosas e prestativas em relação ao sentimento dos outros. O ascendente em virgem tem uma pessoa detalhista e curiosa, e também muito inteligente e perspicaz. 

Mercúrio em virgem é o próprio signo de regência, ou seja, representa excelência – a pessoa com essa posição no mapa tem uma grande chance de sucesso, mas a precisão excessiva pode até parecer “chata” para outras pessoas. A Vênus em virgem representa exigência em relacionamentos, além de conforto material, vaidade e muita organização. A pessoa com o Marte em virgem também traz análise e atenção aos detalhes, especialmente no ambiente de trabalho – planejam seus passos. 

Em relacionamentos, demoram para se abrir com pessoas novas e são cautelosos com as emoções. São diplomáticos e valorizam a honestidade. Costuma-se combinar bem com os signos de Touro, Libra e Capricórnio. 
A Virgo season de 2022 está propícia a aquisição de novos hábitos –  mentais, físicos e espirituais. O auto cuidado e necessidade de melhorar de vida se fazem presentes nessa época, então é bom aproveitar. Porém, é ideal que deixar o perfeccionismo extremo e a autocrítica de lado para poder realmente brilhar nesse mês virginiano.

A Supervalorização da magreza na moda dos anos 2000

Entenda como a volta das tendências do início do século XXI influenciam no comportamento de jovens adultos 

Minissaia, calça cargo, óculos coloridos e calça de cintura baixa estão ganhando cada vez mais espaço nas vitrines e no Instagram de influencers. Todas essas tendências, marcaram um período único na moda, os anos 2000. 

As it girls da época eram a combinação entre o guarda-roupa dos sonhos e o “corpo perfeito”. Paris Hilton, Britney Spears, Christina Aguilera, Jennifer Lopez e outras celebridades emplacaram essas tendências em tapetes vermelhos. E, depois disso, não demorou muito para que a indústria cinematográfica e musical espalhasse a ideia pelo globo.  

Christina Aguilera, Destiny’s child e Paris Hilton em eventos utilizando peças características dos anos 2000. (Imagem: Reprodução/Pinterest)

Dessa vez, disfarçada com o nome de YK2 – uma abreviação de year 2000 ou, em português, ano 2000 – , a moda do início do segundo milênio retornou. As peças em tamanho mini mostram mais o corpo, revivendo as tendências, mas trazendo outras narrativas. Para a moda, mesmo 22 anos depois, corpos são apenas acessórios.

2022 não é 2002

Se em 2000 o corpo magro era considerado um padrão a ser alcançado, em 2022 ele emite um sinal de alerta. A volta da magreza extrema como aesthetic é preocupante, pois incentiva movimentos pró-bulimia e anorexia, principalmente em adolescentes e jovens adultos.

Segundo a psicóloga Valéria Lemos Palazzo, fundadora do GATDA – Grupo de apoio dos distúrbios alimentares-, a bulimia e a anorexia estão mais presentes em jovens. A última atinge em sua maioria adolescentes de 12 a 16 anos, podendo cronificar e estender-se para a vida adulta.

A hipervalorização de um corpo irreal pode ser um gatilho para pessoas portadoras desses transtornos alimentares, afirmou a psicóloga. “A sociedade é incentivadora, mas não a causadora dessas doenças. Para desenvolver um transtorno alimentar, você precisa ter uma predisposição genética hereditária, mas é um meio que colabora, uma espécie de gatilho para quem já tem predisposição a desenvolver o transtorno.”

Body Shame vs Body Positive

No início do novo milênio, roupas pensadas para corpos gordos eram praticamente inexistentes. Ter o que estava ‘na moda’ era um desafio para pessoas que usavam tamanhos além do padrão. Lembra daquela história que cropped é só pra quem tem barriga chapada? Era exatamente essa ideia.

Esse tipo de pensamento incentiva o que chamamos de body shame. O ato de criticar o corpo do outro, por um olhar, fala, ou ação fazendo com que ele sinta-se desconfortável. Em tempos de redes sociais, essas ofensas vêm de todos os lugares. E, muitas vezes são feitas por pessoas que não mensuram o impacto das palavras. 

Na contramão desse pensamento, surgiu o body positive. Movimento que busca realçar as diferenças, quebrando os padrões estéticos impostos. O que não vale só para o corpo, mas também para o cabelo, nariz, formato da boca e muito mais. 

Bielo Pereira, influencer bigenere, na parada do orgulho LGBTQIAP+ (Imagem: Reprodução/ Instagram @hellobielo).

Moda é para todos

Mais do que fazer coleções especiais em números maiores, as marcas devem disponibilizar diversos tamanhos da mesma peça. Assim, cada pessoa terá a possibilidade de escolher o que quer vestir. Sem ditar qual tendência pode ou não ser usada no PP e no XG. 

Democratizar preços e tamanhos é a solução para uma moda mais inclusiva, segundo Mariana Albino, estudante de publicidade e propaganda que trabalha no braço de consultoria da WGSN – empresa que faz a previsão de tendência de consumo.

Durante a pandemia, a estudante criou sua própria marca de roupas. E fazia questão de disponibilizar diversos tamanhos para a mesma peça. “ Minha tia sempre dividiu muito comigo, essa dificuldade que ela tinha de achar roupas bonitas e que cabiam nela. Então, para mim, sempre foi muito importante englobar o máximo de pessoas possível”, diz. 

Quando questionada sobre a possível exclusão que a volta das tendências dos anos 2000 causaria em pessoas de corpos curvilíneos e gordos, Mariana respondeu:  

“Não podemos deixar a moda caminhar da forma que caminhou até agora. Precisamos reivindicá-la. Se a cintura baixa voltar, vai voltar do nosso jeito, com todos os tipos de corpos e vai continuar sendo linda.”

Desfile da marca autoral ‘Da Silva Santos Neves’ no evento ‘50° Casa dos Criadores’. Nas três fotografias, corpos diversos desfilam utilizando peças originais. Destaque para a releitura da cintura baixa, na segunda  foto da direita para a esquerda. (Imagem: Marcelo Soubhia / @agfotosite).

Mariana acrescenta que ainda está descobrindo o seu estilo pessoal. E que, para ela, seguir todas as tendências não faz sentido, pois a velocidade que algo ‘entra e sai de moda’ é muito rápida. A estudante ainda pontua: “Ela (a moda) me permite ser quem eu quiser, permite mostrar minha personalidade para as pessoas, mas também é o meu grito de liberdade”, finaliza. 

O que podemos esperar do futuro? 

A moda é cíclica, tendências vão e vêm, porém os corpos continuam sendo os mesmos. Por isso, marcas que já entenderam essa dinâmica estão lucrando e ganhando mais visibilidade.Um exemplo é a marca de lingerie, Savage X Fenty, da cantora Rihanna. 

Além de investir em corpos plurais,- em gêneros, tamanhos e raças- a marca mantém a imagem sexy e confiante desejada pelas mulheres na hora de comprar uma lingerie, independente do tamanho da peça. 

Modelos da marca Savage X Fenty posando para diferentes campanhas da marca. (Imagem: Reprodução/ Instagram @savagexfenty).


Porém, iniciativas como a da Savage X Fenty ainda são raras. Enquanto a moda inclusiva não for amplamente produzida pelas grandes marcas, a esperança de um futuro democrático, em valores e tamanhos, fica para trás.

Dia dos Pais: um guia completo de presentes para supreender

O segundo domingo de agosto se aproxima e com ele vem o Dia dos Pais — que nos lembra da importância de celebrar a figura paterna, seja ela qual for.

Para aqueles que amam presentear em datas especiais, a Frenezi preparou um guia exclusivo inspirado em quatro “tipos” de pais: o pai Zen; aquele mais Workaholic; o Cool, que anima qualquer ambiente; e por fim o Artista, que te indica os melhores spots, músicas e filmes. Vem com a gente!

Pai Zen

Para o Zen da família, opções que estimulem a tranquilidade são sempre boas. Que tal um kit de skincare, uma boa mala ou equipamento para ginástica ou um livro de receitas para cozinharem juntos?

Pai Artista

O pai Artista sempre terá as melhores indicações de filmes, músicas e até aquele livro perfeito pra te tirar da ressaca literária. Para presentá-lo, aposte em coffee table books, itens de auto cuidado ou caixas de som/fones de ouvido. Sucesso na certa!

Pai Workaholic

Já são quase 21h e ele ainda está pra lá e pra cá… O pai Workaholic é ligado no 220V — e uma boa pedida é pensar em presentes que podem ajudá-lo a levar a vida com um pouco mais de calma.

Pai Cool

Esse não tem erro: possivelmente é amigo dos seus amigos, anima todas as festas de família e está sempre de bom humor. Itens úteis para o dia a dia serão o melhor investimento — a alegria dele já é um presente ❤

Feliz Dia dos Pais!

Autenticidade Online: Somos reais na internet?

A autenticidade online é um assunto muito polêmico e presente desde os primórdios da internet. As redes sociais sempre foram uma forma de escape para as pessoas mostrarem do que elas gostam, o que elas querem fazer, em quem elas se inspiram, entre outros. Porém, a nova geração se mostra mais propensa a overshare assuntos particulares e problemas em redes sociais como: TiK ToK e Twitter – o que, anteriormente, era papel do Tumblr. 

De acordo com a revista Dazed, 58% da geração Z dizem que se sentem mais conectados consigo mesmos online. Entretanto, pessoas dessa mesma geração (55%) também afirmaram que usam redes sociais para embelezar a vida e parecer mais interessante. É um paradoxo intrigante, e bem representante da geração Z em si. 

O que é ser autêntico? Você pode ser autêntico nas redes? Você pode ser autêntico na vida real? A situação com perfil online é que alguém pode controlar cada milímetro de sua imagem, pode alterar tudo para que as pessoas percebam, entendam e aceitem ela da maneira que queira. Isso é mais difícil de fazer pessoalmente, mas não é impossível. Pessoas tendem a mostrar personalidades diferentes de acordo com as pessoas ao seu redor, e isso é o mesmo fundamento do controle de imagem feito online — só é menos meticuloso. 

Apps como Instagram tendem a representar uma “falsidade” maior, já que tudo que contém lá é a imagem. Os seres humanos se sentem pressionados a mudar e mostrar uma vida mais excitante, mais interessante, mas bonita para os seguidores. Alteram fotos para ficarem mais atraentes convencionalmente pela sociedade, postam stories em lugares mais e mais importantes. Já plataformas como Tik Tok e Twitter, não. São sites mais voltados para identificação e experiências, e assim, deixando pessoas mais confortáveis para introspecção e compartilhamento de informações pessoais. Porém, quebrar a cabeça com o que é real ou falso das postagens de alguém não leva a nada, nenhuma conclusão concreta pode ser formulada a partir disso. Pessoas são muito complexas. 

Na atualidade, a vida virtual é praticamente intrínseca com a vida real. A persona online é isso, uma faceta da pessoa que predomina nas redes. Todos possuem personas em qualquer lugar, e em algum ponto, não dá para dizer onde um começa e o outro termina.

Usar o argumento de “social media é falsa” não tem o mesmo sentido de antes. Porque a resposta é sim e não. Não dá para dizer que conhece alguém sem ir a fundo. Não dá para dizer que conhece alguém pelo que ela decide mostrar. É uma jornada muito maior que essa. E sim, a autenticidade ou falsidade das redes sociais é um paradoxo – porém, não dá para negar que a vida virtual tem um grande impacto no autodescobrimento e formações de opiniões e ajuda a consolidar a autenticidade de alguém.

Conheça o signo de leão: Os mais exibidos do zodíaco!

Leão é um signo de fogo, e como tal é muito intenso. É popularmente conhecido pelo amor próprio e egocentrismo, que podem pender para o lado bom ou o lado complicado. São representados pelo rei da selva – e eles abraçam as características derivadas disso: apaixonados, dramáticos e vivos. Leoninos amam ser o centro das atenções e gostam que as pessoas celebrem sua existência. São líderes naturais e precisam de relacionamentos platônicos, fraternais e românticos para se sentirem bem e inspirados. 

O Sol é quem domina o signo de leão, um corpo celestial que condiz com a vitalidade. Devido a esse aspecto, os leoninos são reconhecidos por consistência e lealdade – apresentam enorme dedicação a quem amam, o que (também) pode levar para o lado complicado do ciúme e do ego. É fixo, com foco em ambição e determinação, e assim, tem dificuldades em aceitar fracasso. 

Pessoas com sol em leão provavelmente são motivadas por experiências divertidas, paixão e criatividade. Costumam ser extrovertidos, confiantes e com boa energia. O ascendente em leão é reconhecido pelas expressões radiantes, extrema presença em público e manias particulares – são engajados e têm um comportamento similar a de uma celebridade. A lua leonina traz uma personalidade ousada e corajosa; O magnetismo puxa as pessoas automaticamente, ou seja, nasceram para brilhar. 

O leão no mercúrio do mapa astral é refrescante, são pessoas convictas que não escondem as coisas, mas também não compartilham demais. Expressam suas ideias de uma maneira direta, porém criativa. Vênus em leão é a personificação de verão e glamour, sempre performando para sua plateia (qualquer pessoa em sua vida). Leão no planeta Marte traz gente que precisa de atenção, porém sempre vão trazer uma imensa presença para qualquer lugar que aparecerem – são confiantes. 

Em relacionamentos, os leoninos apresentam alguns pontos definitivos: são muito focados em si, o que pode dificultar a comunicação com o outro; E são dramáticos, levam desentendimentos para uma proporção desnecessários. Leão combina bastante com escorpião e aquário. Não combina, necessariamente, com gêmeos e touro. 

A Leo Season de 2022 é esperada com muita estabilidade e um foco financeiro. Como é um signo muito intenso, pode ser uma boa época para intensificar relações com pessoas que amam e consigo.

Conheça o signo de câncer: os mais sensíveis do zodíaco!

A cancer season, que vai do dia 21 de junho até 22 de julho, é marcada pelo solstício de inverno (no hemisfério sul) e é o primeiro signo de água do zodíaco. É um signo com um nome diferente, e é representado pelo caranguejo. Porém, não é uma época fácil para todos.

Signos da água são uns dos mais intensos do zodíaco, costumam ser extremamente sentimentais e são movidos pelas emoções. Câncer não é nenhuma exceção, inclusive é comparado com o corpo d’água marítimo, já que apresenta várias mudanças de humor, mistério, intuição, magnetismo e emoção. É o signo da água cardinal que representa o início de um novo caminho, com muita emoção e vida. Lana del Rey (sol em câncer), por exemplo, demonstra essa energia misteriosa, sensível e magnética de câncer em suas obras, que são de super alta qualidade e encantam muitas pessoas.

A energia de câncer é completamente intimista, já que é dominada pela lua — a qual personifica o sonho e intensidade. Os instintos, emoções e a intuição são completamente crus, e a lógica não é prioridade. Relações interpessoais nesse signo possuem uma energia quase maternal, e isso é fundamental para cancerianos. Do mesmo modo, não existe signo mais vulnerável que câncer, o que pode se manifestar como defesa excessiva, respostas vagas, manipulação e hipersensibilidade, e não é todo mundo que consegue lidar. 

O sol em câncer define a pessoa sensível, emotiva, intuitiva, sonhadora e intensa. Gosta de ambientes familiares e precisa de uma casa serena para se sentir bem. Criam conexões cuidando dos outros e são extremamente leais. Se ofendem facilmente e se envolvem emocionalmente em tudo que fazem, o que pode ser difícil no dia a dia. O ascendente em câncer representa pessoas sensíveis e intuitivas, o que as guia no dia a dia. Precisam aprender a canalizar a energia para diferenciar insight de projeção. A lua em câncer traz empatia e necessidade de proteger as pessoas amadas, já que a lua domina o câncer — são dirigidos pela emoção e consideram mais a sua própria intuição do que lógica e razão. 

O mercúrio em câncer tem pessoas com grande imaginação e memória, porém costumam levar as coisas para o lado pessoal. A vênus em câncer é puro romantismo e cuidado, são pessoas muito maternas e se dão bem em relacionamentos intensos e duradouros. O Marte em câncer é sensível e muito emotivo, precisa de muita segurança para “sair do lugar” e podem ser um pouco obcecados. 

Relacionamentos com pessoas de câncer, seja fraternal, platônico e/ou romântico são definidos por essa sensibilidade e dedicação, além do romantismo e da extrema necessidade de comunicação. Isso faz da cancer season de 2022 uma ótima época para focar em relações próximas, tanto a familiar quanto qualquer uma que te faça feliz — encarar os sentimentos mais profundos e abrir espaço na sua vida para todos os tipos de amor genuíno.

Festa Junina: Conheça as tradições e origens de uma das festas mais amadas do país

A festa junina é um evento típico brasileiro muito famoso e esperado pela comida, música e tradições. Escolas em todo país fazem esse evento todo ano, ensinando essa parte da cultura para todas as crianças. As vezes é comemorada em junho e as vezes em julho, mas sempre traz muita felicidade para a vida dos brasileiros. 

(Imagem: Reprodução).

A origem do estilo da festa junina existe há muito tempo, inicialmente feita com a intenção pagã de homenagear deuses da natureza e fertilidade antes da idade média. Em Portugal, a igreja católica repaginou a celebração com o intuito religioso. Com a colonização do Brasil por portugueses, os costumes da festa foram trazidos e continuam até hoje em dia.

As Tradições

As comidas são parte importante das festas juninas (Imagem: Reprodução).

Há muitos elementos típicos famosos da festa junina que encantam o coração das pessoas. Em primeiro lugar, é a comida. Paçoca, canjica, caldo, bolo de milho, churrasco, entre outros são fundamentais – pratos são feitos à base de milho, mandioca, amendoim e coco. 

Outra tradição importante é o correio elegante, na qual pessoas conseguem enviar frases em um papel com o formato de coração para as pessoas que gostam. Antigamente era uma maneira de flertar, hoje em dia faz mais parte de festas juninas de escola, já que ajudam a arrecadar dinheiro para outros eventos. 

As bandeirinhas formam o rosto e a identidade de qualquer festa. Antigamente, tinham o intuito religioso e representavam imagens de santos. Hoje em dia são apenas coloridas e alegram o ambiente da festa, sem necessariamente qualquer intenção. 

A quadrilha é um dos elementos mais importantes dessa tradição da cultura brasileira. É uma dança sem nenhuma regra particular, só com movimentos conhecidos por todos. Alguns têm origem em outras culturas como o tur (francês), e outros como “olha a cobra”, caminho da roça e ciranda demonstram características brasileiras. A quadrilha com certeza muda de região para região no Brasil, mas não deixa de ser uma das melhores partes da festa, com todas as roupas típicas e diversão. 

Essa dádiva brasileira ainda é feita todo inverno brasileiro, esquentando a alma de todos – e com certeza nunca deixará de marcar presença. 

O que o banimento temporário dos filtros do Instagram pôde dizer sobre seus usuários?

Com o banimento dos filtros do Instagram na última semana de maio, vários questionamentos sobre a utilidade deles foram levantados. A dependência destes filtros e efeitos que mudam todos os traços faciais sem nenhuma dificuldade e de livre acesso para qualquer usuário certamente apresenta consequências. Quais são as problemáticas desses filtros?

A cada ano que passa, os filtros ficam mais ousados – e não no sentido bom. A explosão do Snapchat e a popularidade do Instagram em 2013 foram marcos importantes na difusão dos efeitos, os quais eram representados por mudanças na coloração da foto, bordas diferentes e transformação para animais. Era amistoso e não tão problemático. Recentemente, os filtros mudaram. Com a pandemia do COVID-19 iniciada em 2020, as pessoas ficaram cronicamente online, usando ainda mais apps como Instagram e criando a relevância extrema que o Tiktok possui hoje em dia. 

O fato das redes sociais serem o “único” meio de contato da época e as pessoas não se verem pessoalmente fez com que empresas investissem nos chamados “filtros de beleza”. Quais são? São aqueles que, inicialmente, tinham uma maquiagem pronta para cobrir o rosto de quem tirasse a foto. Porém, com o tempo, esses efeitos começaram a alterar os traços faciais das pessoas. Levemente, mudou o formato da boca. Depois, afinou o nariz. Logo, adicionaram mudança no tamanho do olho. Todos os traços com predominância eurocêntrica dominaram a maioria dos filtros. As pessoas usaram bastante e isso trouxe um problema. 

Em 2022, muita gente ainda não consegue tirar foto sem os filtros. A dependência dele virou um sério problema, já que as pessoas não conseguiam se sentir bonitas sem eles. A dismorfia facial virou um sério problema, já que ninguém conseguia dizer a real aparência de si mesmo. A vergonha de aparecer na rua sem os efeitos virou preocupação de muita gente, o que é extremamente problemático. 

A Dr Helen Egger, psiquiatra infantil, disse para a Forbes que antes das redes sociais a insegurança das pessoas era sobre revistas de moda e programas de tv. Agora, as pessoas se comparam com celebridades que foram airbrushed, amigos que foram airbrushed e até o airbrush de si mesmo. A pessoa se compara com uma versão falsa de si mesmo. Desse modo, problemas psicológicos e de auto imagem aparecem, além de propagar padrões de beleza completamente inexistentes e virtuais. 

O banimento desses filtros, mesmo que temporário, deixou muitas pessoas que os usam diariamente preocupadas, algumas falaram que nunca mais postariam fotos, outras cogitaram voltar ao Snapchat ou abandonar o Instagram de vez. Mas no fim do dia, isso pode ser um caminho para desacostumar a população do uso exagerado de filtros e restaurar a autoestima de usuários com o tempo. É uma oportunidade de restaurar a essência das redes sociais, que é a autenticidade e diversão. É a maneira de lembrar que ninguém precisa de um filtro para ser e sentir bonito.