Acessibilidade dentro do mercado da beleza

Uma das maiores popstars da geração, Selena Gomez, foi sofre com Lúpus, doença autoimune que causa enfraquecimento das articulações, entre outros efeitos no corpo. Pensando nisso, a cantora trabalhou para que as embalagens de produtos de sua marca Rare Beauty, sejam anatômicas e não demandem força, para a fácil utilização por pessoas com a mesma condição médica. 

No Brasil, o maquiador e comunicador Tassio Santos criou em 2020 o podcast Sentidos da Beleza, com objetivo de ensinar maquiagem e levar mais autonomia para pessoas cegas ou com baixa visão. Dois importantes passos no mercado da beleza e avanços na visibilidade para a causa. Ainda assim, muito trabalho deve ser feito para termos uma indústria de faro inclusiva.

Relatório de 2020 do World Health Organization (WHO) mostra que no mundo existem cerca de 1 bilhão de pessoas com algum tipo de deficiência, já o IBGE aponta que 17,3 milhões estão no Brasil – o que representa cerca de 8,4% da população. E é lógico que, como qualquer um, essas pessoas têm interesse em maquiagem, skincare, cabelos, e querem se sentir bonitas e cuidadas. Mas então, por que é tão difícil vê-las representadas como parte desse universo? E mais do que isso, onde estão os produtos que abraçam esse público?

A jornalista e criadora de conteúdo Ana Clara Moriz reproduz maquiagem

A experiência de compra na beleza

A P&G pensou em deficinetes visuais e incluiu descrição em braile em embalagens da Herbal Essences, que, por enquanto, estão disponíveis nos EUA e Canadá, mas a ideia a longo prazo é incentivar a fabricação e expandir a venda. LOccitane e Bioderma são outras marcas que utilizam a linguagem. Já a Too Faced, segundo pesquisa da Vogue Business, é bastante popular dentro deste público graças a facil identificação de alguns de seus best sellers pelos cheiros marcantes.

Embalagem da com gravação do nome do produto em braille. Imagem: LOccitane en Provence

Vale destacar, porém, que os exemplos citados são minoria no mercado e PCDs ainda enfrentam muitos desafios de compra

Mackenzie Strong, nadadora universitária norte-americana, relatou a Allure seus maiores desafios enquanto legalmente cega (definição para pessoas que possuem 0,05 de visão no melhor olho, mesmo com correção). Para a jovem, é mais fácil fazer compras online, já que em sites ela pode aumentar o tamanho do texto, usar o zoom e pesquisar mais fotos e descrições. Em lojas físicas, os letreiros não costumam ser grandes o suficiente e as informações disponíveis são poucas, além de serem escritas em letras pequenas, o que impossibilita a leitura.

Temos, porém, um destaque positivo Made in Brazil. Da embalagem de produtos, ao site e redes sociais, a Natura carrega diversidade e equidade como dois de seus carros chefes.

Mais avanços no mercado

Um importante ponto para acessibilidade é lembrar que existem diversas deficiências e necessidades de inclusão. Pessoas são diferentes e as diferenças devem ser vistas e respeitadas. 

A Kohl Kreatives, criada pela blogueira de viagem Emma Muldoon, portadora de distrofia muscular cintura, doença que causa enfraquecimento dos músculos, é um belo exemplo. A marca comercializa pincéis feitos com cerdas pensadas para peles mais sensíveis, além de ter um kit com cabos que flexionam para frente e para trás, o que facilita a rotina de pessoas com desafios de mobilidade. Os produtos também tem descrição para deficientes visuais

Já a atriz Salma Blair, portadora de esclerose múltipla, foi anunciada diretora criativa da Guide Beauty, criada pela maquiadora Terri Bryant em 2020, após diagnóstico de Parkinson. Guide conta com um extenso portfólio, as embalagens são de fácil abertura e manuseio, e o design deixa as mãos mais firmes e seguras, um facilitador para quem tem tremores e fraqueza no membro. Para a Vogue US, Blair relatou a satisfação pessoal em ter uma linha enxerga e respeita sua condição: “Quando conheci a Terri, eu tinha realmente parado de me olhar no espelho. Cortei o cabelo curto porque nem sempre conseguia levantar a mão acima da cabeça, pintei de loiro para ajudar a esconder minhas manchas de alopecia, e quando não conseguia aplicar delineador de manhã, me martirizava e meu dia estava arruinado, então eu meio que parei de dar espaço para a beleza. Mas quando comecei a usar Guide e maquiagem novamente, realmente me despertou.”

Os exemplos acima mostram também como é importante ter PCDs em cargos de liderança e criação dentro das companhias. E que, apenas das importantes mudanças listadas, ainda é necessário evoluir mais. Mackenzie pontua: “Eu amo a maquiagem e a confiança que ela me dá. Espero que, com o tempo, nós, como comunidade da beleza, consigamos achar mais maneiras da maquiagem seja mais inclusiva para pessoas com deficiências porque nós todos deveríamos poder nos sentir bonitos”

Botox: os benefícios preventivos para a pele e outros sistemas do corpo

As inovações no mundo da beleza e dos dermocosméticos não param de surgir e hoje, uma variedade de produtos que trazem efeitos rejuvenescedores, hidratantes e até mesmo do botox são vendidos. Porém, há quem prefira (ou tenha recomendação para) realizar os procedimentos tradicionais ao invés dos produtos de skincare para um efeito mais eficaz. E assim como qualquer outro procedimento, o botox pode gerar algumas dúvidas sobre sua aplicação, duração e seus efeitos a longo prazo. No texto de hoje, explicaremos um pouco melhor sobre o assunto.

As diferentes aplicações do botox

Reprodução: Shutterstock

O ativo do botox, também conhecido pelo nome de ácido botulínico, é um derivado da bactéria Clostridium botulinum, a qual, quando isolada, ajuda no tratamento de espasmos musculares. Seu fim estético foi descoberto após algumas aplicações em pálpebras e regiões com mais índice de rugas na pele, as quais apresentaram melhoras após a aplicação do ácido. Assim, o uso do botox é associado ao relaxamento muscular da região onde foi aplicado, suavizando os traços de expressão como consequência. 

Além disso, quando utilizado em menores doses, pode auxiliar no controle da oleosidade, suor, enxaqueca, tensões nervosas, bruxismo e em diversos outros problemas, indo muito além da estética.

Ana Isabel Nobre, dermatologista, nos fala um pouco sobre o botox:

“O uso estético da toxina botulínica é recomendado mais comumente para as rugas de expressão, tanto para melhorar a fisionomia da pessoa e o equilíbrio entre os músculos quanto para a prevenção das linhas de expressão, que ficam cada vez mais marcadas com o tempo.”

“Além disso, a toxina botulínica é usada para tratamento de assimetrias faciais, de bruxismo, enxaqueca e uma série de condições como a sudorese.” Completa ela.

Há também diversas marcas de toxina botulínica no mercado, sendo uma das principais e mais recomendadas o conhecido Botox. Apesar disso, outras marcas como a Prosigne e Botulim trazem ótimos efeitos, seja esteticamente ou para outros fins dermatológicos.

O botox em peles maduras

Reprodução: Shutterstock

Quando tratamos de peles mais velhas, uma das funções mais comuns do botox é aliviar as linhas de expressão que surgem com o passar do tempo.Estas podem ter diversos motivos, como a exposição ao sol, poluição do ar, sono desregulado, pele pouco hidratada e também pelos movimentos rotineiros e repetitivos dos músculos do rosto.

Nestes casos, a toxina botulínica é aplicada no músculo (e não na linha de expressão!) em regiões como o pescoço, canto dos olhos e ao redor do lábio. O botox também não é uma solução imediata: para maiores efeitos ou a redução total de linhas, a reaplicação deve ocorrer regularmente a cada 4 ou 6 meses, dependendo da área e recomendação do profissional estético.

O botox preventivo

Já o botox preventivo, como diz seu nome, tem sua aplicação logo no início do surgimento das rugas. Não há uma idade exatamente definida, mas as linhas de expressão costumam aparecer entre os 25 e 30 anos, podendo depender do quão expressiva a pessoa é.

Reprodução: Shutterstock

As áreas mais comuns a receber o botox preventivo são as linhas que surgem na testa, meio da sobrancelha, músculos dos olhos, cantos dos lábios e no queixo. A aplicação do botox preventivo segue o mesmo ritmo de reaplicação que o de tratamento, variando de 4 a 6 meses entre os casos de pessoas com maiores ou menores expressões, movimentos musculares e exposição ao sol. A manutenção é necessária pois, após algum tempo, o organismo tende a absorver o produto e voltar a produzir rugas. A quantidade necessária de aplicações pode variar dependendo da região a se aplicar e da recomendação do dermatologista.

Cuidados no pós e contra-indicações

Assim como todo procedimento feito no corpo, há uma série de cuidados necessários após a aplicação do botox, principalmente nas primeiras horas.

A principal indicação é não se deitar e evitar abaixar a cabeça nas primeiras quatro horas após a aplicação e também evitar exercícios físicos, para não comprometer os efeitos do botox. Evitar a exposição solar também é recomendado nas primeiras 24h para não causar manchas e irritações. Nos primeiros dias, evitar o uso de maquiagens e massagens faciais.

Após os primeiros dias, alguns cuidados diários também são necessários. Entre eles, podemos listar:

  • Hidratar-se bem bebendo bastante água;
  • Interromper o uso de cigarros e/ou tabacos em geral;
  • Evitar alimentos com muito açúcar e dar espaço para uma alimentação saudável;
  • Evitar situações estressantes;
  • Utilizar protetor solar diariamente;
  • Reduzir movimentos faciais;
  • Repor colágenos sempre que possível, seja com vitaminas ou através da alimentação.

Porém, por se tratar de uma toxina, é preciso tomar cuidado com a aplicação e se você atende a alguma contra-indicação. A dra. Ana Isabel nos fala sobre quando evitar o procedimento:

“Nós não fazemos aplicações em mulheres grávidas, em pessoas com doenças relacionadas à força muscular (por exemplo, as escleroses múltiplas) ou em pessoas com alergias conhecidas a algum dos componentes do produto.”, conta ela.

“É importante também saber da procedência do produto e se ele é aprovado pela Anvisa, além de realizar o procedimento com um profissional já acostumado com a aplicação da toxina botulínica, que conheça os produtos de boa procedência e também entenda da dinâmica da musculatura facial”.

Assim, não há nenhum grande risco no procedimento, mas sim na quantidade colocada; apesar disso, efeitos como o congelamento da expressão facial podem ser revertidos com o passar do tempo.

Benefícios além da face

Ainda que muito utilizado para fins estéticos, o botox ajuda muitas pessoas quando falamos de fins medicinais. Além de suavizar os traços auxiliando a não craquelar a maquiagem, por exemplo, o botox é utilizado em procedimentos para diminuir a sudorese de regiões do corpo quando aplicados nas glândulas.

Reprodução: Shutterstock

Outro uso do botox é na redução da tensão de algumas áreas, diminuindo dores de cabeça, enxaquecas e auxiliando até mesmo odontologicamente, em casos de bruxismo.

“Fui ao dentista quando era adolescente e descobri ter o problema de bruxismo. Ele me recomendou o botox para aliviar a tensão da área. De primeira, fiquei meio desacreditada, mas minha mãe me convenceu a tentar”, diz Eduarda Oliveira, 19, quando a perguntamos sobre como o uso de botox auxiliou em seu tratamento. “Melhorou demais o meu problema, eu consigo dormir tranquila, aumentou muito minha qualidade de vida. […] Faço aplicações por volta de 5 ou 6 meses tem dois anos e meio e recomendo pra qualquer um”, completa.

Cuidado extra com nossa autoestima

Indo além dos casos medicinais, o botox também desempenha sua função estética muito bem.  Um dos procedimentos mais feitos no ano de 2015, segundo dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética, o botox somou mais de 4,6 milhões de aplicações em todo o mundo.

Isso porque o botox tem diversos benefícios estéticos, como o tratamento e prevenção de rugas, suavização das marcas de expressão, diminui os movimentos e tensões musculares e ainda dá um efeito de lifting, mesmo que leve. Assim, a possibilidade de reduzir linhas e traços indesejados em qualquer região ajuda no crescimento da autoestima de muitas mulheres e homens.

A entrevistada Gisele Campos, 31, nos conta um pouco sobre o processo de aplicação de botox facial e os motivos que levaram ela a esta aplicação: “Eu sempre tive os traços da boca muito fortes, principalmente o famoso ‘bigode chinês’ e isso me incomodava bastante. Quando fiquei mais velha, ele ficava muito marcado, não só quando eu sorria. Aí comecei a procurar métodos para remoção e encontrei o botox”, conta ela.

“Fiz aplicações durante 2 anos, com intervalos de 6 meses. Fiquei super feliz com os resultados, minha autoestima melhorou e a maquiagem parou de craquelar na região. Eu costumava usar só pra sair, então interromper o uso quando fazia as aplicações foi tranquilo”, completa.

Porém, é preciso tomar um cuidado com os excessos e com nossa saúde mental. Isso porque os padrões de beleza sempre existiram e contam com muita força para serem reforçados. Assim, muitas pessoas podem cair em uma falsa ilusão de que precisam sempre estar com o rosto jovem e sem linhas por pura pressão estética (e, às vezes, de terceiros!). Por isso, lembre-se que, com ou sem procedimentos, sua beleza continua sendo única e você deve, além de respeitar seu corpo, fazer apenas o que te faz feliz, mentalmente e esteticamente.

Imagem de mil palavras: como os personagens falam antes de abrir a boca

Você aperta o play, a história começa e, nos primeiros 15 minutos, já é possível identificar o mocinho, o vilão, sentir empatia ou aversão por algum personagem. E é exatamente isso que a produção quer que aconteça. Antes mesmo de a história se desenrolar por completo, ela já quer prender o telespectador por um único ponto que, segundo pesquisas, é responsável por  90% das informações transmitidas ao cérebro: o visual. 

Feche os olhos e imagine: cores suaves – candy colors, mais especificamente -, cabelos soltos e esvoaçantes, make leve, sapatos sem salto, roupas soltas e com muita cara de conforto… aposto uma caixa inteira de produtos da Rare Beauty que você idealizou uma pessoa inocente, boa, de alma leve e sorriso fácil. Agora, feche novamente e faça o caminho inverso: pense em cores vibrantes e profundas, olhares marcados, cabelos milimetricamente controlados, roupas justas e com caimento pesado… a aposta segue a mesma se você idealizou alguém de personalidade forte, quase inacessível, que causa um certo receio só de pensar em se aproximar. Esse é o poder da caracterização, e é ele um dos artifícios mais poderosos na construção de um personagem que cativa. 

Um exemplo nítido desse feito é a transformação instantânea de Anna Delvey na série “Inventando Anna” (que foi um verdadeiro fenômeno quando foi lançada no início do ano). Ao ouvir que sua aparência, antes composta por ondulados cabelos loiros, maquiagem romântica e um estilo mais girlie, não condizia com a de uma mulher de negócios, séria e competente que gostaria de se transparecer ser para conquistar aliados e financiadores, Anna prontamente tratou de escurecer os fios, adotar óculos quadrados e de armação escura (contrariando seu contraste pessoal e gerando peso visual), apostar em peças de corte mais reto, tecidos mais firmes e uma postura mais formal. A forma como ela passou a ser percebida mudou instantaneamente, e isso aconteceu logo na primeira cena em que ela aparece com o novo visual, antes mesmo que o primeiro diálogo dela nessa nova fase fosse construído. 

A aparência, goste ou não, é sim um meio de exercer uma chamada “comunicação silenciosa” e, assim como ela é capaz de externar a personalidade de “pessoas reais” no dia a dia, na criação de um enredo artístico também. Fato é que, a maior intenção dos autores é criar uma conexão com o público, seja por meio do incômodo, da identificação, da polêmica ou da aversão, o que importa é fazer com que o que é fictício não seja esquecido no que é real, e a beleza tem um papel fundamental nisso. Pode parecer ousadia, mas vale dizer que uma boa parte das pessoas que consomem o conteúdo cinematográfico conseguem se lembrar de algum personagem – que para eles foi – marcante quando vê uma determinada peça em uma loja, num corte de cabelo de alguém passando pela rua ou num estilo de maquiagem que está mais em alta – já que a mídia tem, inegavelmente, esse famoso e ao mesmo tempo assustador, poder de influenciar o desejo das massas. O conjunto xadrez de Cher em As Patricinhas de Beverly Hills, o cinto dourado e a capinha de soco inglês da delegada Helô em Salve Jorge, o pretinho básico junto de um colar extravagante de Holly em Breakfast at Tiffany’s… Se notarem, cada um desses elementos se comunica muito estrategicamente à personalidade dos personagens que os tornaram famosos: o xadrez é uma estampa clássica e que, em algumas variações, é ligada à monarquia – como o xadrez Príncipe de Gales – e Cher era uma verdadeira princesinha no clássico dos anos 1990; o cinto dourado traz um toque de glamour e a capinha de soco inglês transmite uma mensagem de força, garra e defesa – e Helô era uma delegada implacável, mas, ao mesmo tempo, muito vaidosa; já o vestido preto acrescido de luvas e um colar de peso comunicam uma classe singular – e Holly era uma personagem que mostrava que a elegância também podia ser simples.

No entanto, esse feito não é tão simples. Como na “vida real” o processo de conhecimento e desenvolvimento do próprio estilo, a curadoria de preferências e a definição dos elementos que vão conseguir transformar a imagem de uma pessoa na extensão da personalidade dela, da mesma maneira ocorre na criação da aparência de um personagem, e quem fica a cargo de fazer com que isso aconteça da melhor forma possível são os profissionais desse ramo da beleza artística: os figurinistas, maquiadores e cabeleireiros que ficam encarregados de exercer uma dupla transformação: despir o ator de si mesmo e vesti-lo de um novo alguém. Nesse sentido, a figurinista Flávia Botelho (no instagram como @a_figurinista) traz mais profundidade sobre as atribuições de um figurinista (que, já adiantando, faz muito mais do que escolher as roupas). “Em uma produção artística, a figurinista deve ter todo o roteiro, entender o perfil psicológico de cada personagem para criar, junto com a direção, o conceito do figurino.” De acordo com a profissional, cores, formas e elementos são avaliados e indicados para ajudar a reforçar a dramaturgia tanto de cada personagem, quanto do conjunto do elenco, “[…] a figurinista precisa entender de composição de cores, de como essas cores ficam na luz do palco ou nas câmeras, quais tecidos e aviamentos devem ser usados, como e quando usar efeitos de tingimentos ou envelhecimento para trazer vida ao figurino, por exemplo.”

Flávia Botelho, figurinista [Imagem: Reprodução/Instagram]

Para chegar a essas definições, o ponto de partida é o diálogo: o primeiro passo para uma produção de sucesso começa no alinhamento das ideias com a equipe: “O primeiro passo é a leitura do roteiro e, em seguida, a conversa com o diretor, porque quando a gente lê o roteiro, já visualiza essa composição.” E o registro dessas ideias são, geralmente feitos por meio de croquis – um processo que pode ser diferente de acordo com o perfil de cada profissional, “Tem gente que faz primeiro uma pesquisa de referências de imagens, para depois ir refinando, até chegar no que melhor representa cada personagem. Varia, mas o principal é começar a dar forma, estabelecer cores junto com a direção de arte […] É um trabalho em conjunto!”

Porém, como se trata da criação de uma personalidade, a complexidade é inegável. Segundo Flávia, o maior desafio na construção dessa forma de comunicação é pensar com a cabeça do expectador, de alguém que não sabe nada daquela obra. “Achar quais elementos são essenciais e quais são dispensáveis; limpar toda distração, deixar de ado as questões de moda ou gosto pessoal e colocar o foco na construção do personagem, em representar quem ele é.”

E, como pessoas que são, os personagens também estão sujeitos a mudanças: de vida, de realidade e, em alguns casos, até de personalidade (tragam à memória a Clara – de Bianca Bin – em “O outro lado do paraíso”, que depois de passar por traumas profundos, ressurgiu completamente diferente, por dentro e por fora). Assim como na vida real, a aparência também reflete a essência e, ao passo em que o comportamento muda, a imagem se altera junto. Entretanto, para que a narrativa não seja prejudicada por uma mudança drástica, inesperada ou aleatória, que pode quebrar a conexão já existente com o público e despersonalizar a personagem, é de fundamental importância não deixar de manter o contato com as ideias do diretor para o enredo da trama. “Primeiro há que se entender que um filme, série, peça de teatro, antes de existir para o público, existe em um roteiro e, na maioria das vezes, essas mudanças já são previstas.” Assim, é possível planejar com antecedência como realizar essa transição sem romper com a narrativa, “Quando a construção de um figurino começa pelo perfil psicológico, ou seja, pela humanização – tornar o personagem uma pessoa – a gente também passa a entender, na trama, como essa pessoa reage, os sentimentos dela e como ela se vestiria em diversas situações, […] se fosse pobre, se fosse rica, se fosse para a guerra, para um jantar romântico, para uma entrevista de emprego, enfim. Por isso tudo começa no roteiro e na conversa com a direção!”

De fato, enquanto expectadores e ainda ignorantes em relação ao conteúdo que está por vir, qualquer influência visual conta para criar uma atmosfera, uma linha de raciocínio que instiga nossa imaginação em relação ao que pode acontecer. Que atire a primeira pedra – ou cancele a assinatura na plataforma de streaming – quem nunca julgou um personagem na primeira cena em que ele apareceu, antes mesmo do coitado dizer qualquer coisa – como não interpretar Anna Delvey como uma herdeira multimilionária em Inventando Anna, ou Vivian como uma pessoa rebelde em Uma Linda Mulher? É por isso que o trabalho dos bastidores não pode ser ignorado; o figurino aguça a curiosidade e torna a encenação ainda mais convidativa aos olhos e é por meio da criação dessa imagem de mil palavras que os personagens falam antes mesmo de abrir a boca.

Com a conexão criada 

Por dentro dos produtos multifuncionais de beleza

Os cuidados com a beleza já fazem parte do dia a dia, e para isso, a utilização de diversos produtos se tornou algo natural para muitos. E seria um sonho conseguir manter a rotina com mais rapidez, praticidade e produtos de bom custo benefício.

Para ajudar nessa missão, cada vez mais as marcas apostam no lançamento de produtos multifuncionais. Disponíveis para cabelo, rosto, corpo e maquiagem, são soluções mais utilitárias e sustentáveis, que alinham múltiplas funções e ações – normalmente presentes em 2 ou mais produtos – e diferentes ativos em um único cosmético, além de contarem com novas tecnologias agregadas.

Vale apostar em cosméticos multifuncionais?

A ideia não é nova, e é provável que você já tenha utilizado, mesmo sem perceber. Mas se fortaleceu na necessidade em priorizar saídas mais eficientes, funcionais e menos complicadas. Soma-se a isso o  aumento nas buscas de ideias compatíveis com  conceitos de compra inteligente, negócios com impacto e minimalismo, já que o consumo desse formato diminui produção de  embalagens, consumo exacerbado de beauty products , além da vantagem financeira que um 2 em 1 oferece, tanto para o produtor – que otimiza aos custos de produção de dois ou mais cosméticos – quanto ao consumidor. Todos esses fatores mostram que a tendência é o aumento na demanda de multifunções e que vale sim, experimentar.

É sempre importante , porém, se atentar aos ativos combinados  e compreender as vantagens e desvantagens que cada um deles traz a você. Entender se o cosmético realmente funciona para seu tipo de corpo, rosto ou cabelo, e até mesmo se  possível combinação com mais soluções pode causar efeito reverso ou anular os benefícios. Aliar o uso a consultas com especialistas é sempre a melhor opção.

Selecionamos alguns itens incríveis para conhecer:

Óleo Multifuncional Kálice Inoar Cosméticos

O produto alia vitamina E com 7 óleos vegetais e pode ser aplicado no cabelo (sozinho ou misturado ao shampoo, condicionador ou máscara), rosto e corpo. R$72,90

Sérum Uniformizador Sallve

Usado para o tratamento de hiperpigmentação de todos os níveis e em todos os tipos de pele (inclusive as mais sensíveis). Eficaz contra olheiras, manchas e linhas finas, pode ser usado em corpo e rosto. R$89,90

Base Tint Alta Cobertura Quem Disse, Berenice?

Base que garante 12 horas de duração. Além de corrigir a pele, tem fórmula hidratante, que previne oleosidade, protege dos raios solares e luzes de aparelhos eletrônicos. R$74,90

Palette Multifuncional Intense O Boticário

Paleta com 8 tons rose acetinados, que podem ser utilizados com sombra, blush e bronzer. R$89,90

Creme de Limpeza Derco Sensi Care

Indicado para todos os tipos de cabelo e sem sulfatos e parabenos, substitui shampoo e condicionador. Limpa, hidrata, produto e acalma cabelos mais sensíveis. R$116,30

Creme Multifuncional Yamasterol

Sem parafinas e silicones, pode ser usado por todos os tipos de cabelo como creme sem enxágue, co-wash, pós shampoo e misturado com máscaras e óleos hidratantes. R$4,95

Bastão Multifuncional com Cor Ollie

Protetor solar em bastão que protege e cuida da pele, enquanto oferece cobertura de manchas, inclusive de melasma. R$129,00

Stick Tudo Vic Beaute

Disponível em 5 cores e, com textura cremosa, funciona como batom, blush e sombra e possibilita diversas camadas de aplicação, ara resultado mais ou menos sutil. R$129,00

Lápis Delineador Avon

Colorido e versátil, o produto pode ser utilizado nos olhos ou na boca, e permite efeito marcado e esfumado. É resistente a água, suave, hidratante e não tem fragrância. R$10,99

Engrossando os fios de maneira saudável: o que evitar na hora de cuidar dos cabelos e sobrancelhas

Muitas pessoas creem que, na hora de engrossar os fios, tudo vale: seja simpatia, receitinha caseira da avó, shampoo milagroso e até mesmo balas de vitamina. Porém, é necessário ter muita cautela para manter uma rotina de cuidados correta já que os fios de cabelo são delicados, principalmente quando a estrutura do fio é muito fina.

Os métodos que não dão certo

Um dos métodos mais utilizados na hora de engrossar os fios é o uso de óleo de rícino – porém, por mais que funcione para algumas pessoas – tanto na sobrancelha e cílios quanto nos cabelos -, outras podem ter problemas com sua oleosidade e até mesmo desenvolver acne nas regiões.

Reprodução/Shutterstock

Outro método muito famoso – porém nem sempre tão eficaz – é o das gomas para cabelos que prometem ter as vitaminas necessárias para um crescimento rápido. Entretanto, a sua efetividade é questionável, com algumas usuárias que afirmam ver bons resultados, enquanto outras não veem resultado nenhum ou até mesmo efeitos negativos. 

Algumas práticas do dia a dia também podem tornar seus fios mais fracos e quebradiços e, consequentemente, finos.  Entre elas, podemos citar a lavagem das pontas com shampoo, o uso constante de chapinha e calor – sem o uso adequado de protetores térmicos – e também pentear de cima para baixo e não de baixo para cima.

As receitas caseiras também podem ser grandes vilãs na hora de cuidar dos fios. Muitos ingredientes utilizados podem, na verdade, remover alguns dos nutrientes que o cabelo já está em defiência e, ao invés de melhorar, piorar a situação. A dermatologista Ana Isabel Nobre nos alerta: “Receitas caseiras e cosméticos não funcionam para engrossar os fios! Merece atenção, no entanto, caso você esteja notando que seu fio está ficando mais fino – nesse caso, é importante procurar um dermatologista porque pode se tratar de uma situação patológica, que nesse caso tem sim tratamento, mas com medicamentos.” Alguns métodos caseiros, como o spray com sal marinho, podem, além de queimar os fios quando em contato com o calor, ressecar e quebrar ainda mais os cabelos.

O ‘efeito reverso’

Reprodução/Shutterstock

Porém, mesmo evitando os métodos errados e as receitinhas caseiras, seguir alguns métodos certos em excesso podem causar um problema já conhecido: o efeito reverso. Também conhecido como efeito rebote, ele consiste no tratamento excessivo dos fios, quando não há a necessidade de inserir mais vitaminas.

Assim, seja por fazer hidratações demais, tomar vitaminas sem necessidade ou qualquer outro método, acreditando que o cabelo ficará perfeito, ele pode se tornar oleoso, ressecado ou até sem vida, ao contrário do que era desejado. Ou seja, para evitar o efeito rebote, é necessário seguir o cronograma correto ou as recomendações do que seu cabelo precisa, deixando sempre os fios respirarem. 

Como engrossar o cabelo e sobrancelhas da forma correta?

Agora que falamos sobre o que evitar, trazemos algumas dicas para engrossar os fios, principalmente dos cabelos.Um dos primeiros métodos é básico – e não exige muito esforço: o corte de cabelo, por exemplo, pode ajudar a dar a impressão de ‘cabelo cheio’. Cortes mais retos ou em camadas ajudam a encorpar os fios.

Reprodução/Instagram @romeufelipe

Porém, se seus cabelos já são mais cheios, vale conversar com seu cabeleireiro de confiança antes para não dar a impressão de cabelo muito armado ou com muito frizz (se não for esse o resultado que você busca).

Seguindo para o cronograma capilar, a umectação é uma grande aliada para nutrir os fios utilizando algum óleo. Porém, o processo deve ser feito com cuidado e somente quando necessário, evitando o efeito reverso e a oleosidade excessiva na raíz dos fios. A dermatologista ainda reforça: “A nossa genética determina as características dos nossos fios, e uma alimentação normal, com alimentos nutritivos, garantirá que seus fios tenham a espessura determinada geneticamente para eles.”

Alguns alimentos também ajudam na hora de fortalecer os fios. Entre eles, podemos citar:

  • Ovos, que são fonte de proteína;
  • Peixes, ricos em ômega 3;
  • Cenoura e outras frutas ricas em vitamina A e B;
  • Legumes e verduras verde escura, como o couve e o espinafre e feijão, ambos ricos em ferro;
  • Sementes, como as chias.

Nicoly Farias, 22, não encontrava um método que encaixasse em sua rotina. Assim, passou com uma dermatologista e começou a tomar vitaminas. “Ela me passou uma receita específica e, tomando as vitaminas diariamente, os pelos da minha sobrancelha começaram a crescer. Hoje, ela está bastante cheia, muito diferente do que era antes.”, diz ela.

Além disso, as tecnologias do mercado estão sempre evoluindo. Logo, temos produtos que contam com vitaminas necessárias para engrossar os fios, como a biotina (ou vitamina B7) e queratina, que fortalecem os fios. Um dos dermocosméticos mais eficazes do mercado são as linhas Tio Nacho Engrossador e Fortalecedor, porém, algumas pessoas relatam que os fios tendem a ficar mais ressecados.

Isabella Ribeiro, 21, nos conta que utilizou a linha de shampoo para engrossamento e conseguiu ótimos resultados: “Em três meses, percebi um crescimento absurdo dos fios, além de ficar com a aparência de mais cheio. Porém, precisava hidratar bastante o cabelo praticamente todas as semanas”, relata ela.

Por fim, produtos com babosa entre seus componentes também auxiliam a encorpar os fios e, diferente dos outros, a hidratá-los. Porém, sempre fique atenta ao excesso de produtos hidratantes e busque sempre um acompanhamento com um especialista dermatológico para consultar sua saúde corporal e dos seus fios.

Dia dos Pais: um guia completo de presentes para supreender

O segundo domingo de agosto se aproxima e com ele vem o Dia dos Pais — que nos lembra da importância de celebrar a figura paterna, seja ela qual for.

Para aqueles que amam presentear em datas especiais, a Frenezi preparou um guia exclusivo inspirado em quatro “tipos” de pais: o pai Zen; aquele mais Workaholic; o Cool, que anima qualquer ambiente; e por fim o Artista, que te indica os melhores spots, músicas e filmes. Vem com a gente!

Pai Zen

Para o Zen da família, opções que estimulem a tranquilidade são sempre boas. Que tal um kit de skincare, uma boa mala ou equipamento para ginástica ou um livro de receitas para cozinharem juntos?

Pai Artista

O pai Artista sempre terá as melhores indicações de filmes, músicas e até aquele livro perfeito pra te tirar da ressaca literária. Para presentá-lo, aposte em coffee table books, itens de auto cuidado ou caixas de som/fones de ouvido. Sucesso na certa!

Pai Workaholic

Já são quase 21h e ele ainda está pra lá e pra cá… O pai Workaholic é ligado no 220V — e uma boa pedida é pensar em presentes que podem ajudá-lo a levar a vida com um pouco mais de calma.

Pai Cool

Esse não tem erro: possivelmente é amigo dos seus amigos, anima todas as festas de família e está sempre de bom humor. Itens úteis para o dia a dia serão o melhor investimento — a alegria dele já é um presente ❤

Feliz Dia dos Pais!

Bold Is Beautiful: Benefit Cosmetics promove a 5ª edição do seu projeto filantrópico global

Com intuito de apoiar o empoderamento feminino, a ação destina 100% do lucro de seu serviço de design de sobrancelhas para mulheres em situação de vulnerabilidade social

Durante todo o mês de agosto, a marca californiana Benefit Cosmetics irá promover o projeto global Bold Is Beautiful, que acontece pela 5ª vez no Brasil. Com o intuito de empoderar meninas e mulheres, desde 2015, a ação viabiliza educação, moradia, saúde, bem-estar para a construção de um futuro seguro e com qualidade de vida.

Seguindo o lema da marca, o Bold Is Beautiful surgiu com a filosofia de fazer com que as mulheres se sintam bem, confiantes e ousadas, para alcançarem seu potencial completo. O projeto já está presente em mais de 21 países e totaliza valor maior que 20 milhões de dólares arrecadados para instituições de caridade locais apoiadas em todo o mundo.

No Brasil, a Benefit tem como instituição parceira a Habitat para Humanidade, localizada na comunidade de Heliópolis, na capital paulista. Em parceria com a ONG, a ação pretende sanar as dificuldades de famílias em situação de vulnerabilidade social a terem melhores condições de moradia. Do dia 01 ao dia 31 de agosto, a renda arrecada do serviço de design de sobrancelhas com cera será destinada à instituição, para auxiliar na construção de casas lideradas por mulheres na comunidade.

“A beleza vai muito além da estética! Nosso objetivo é levar uma mensagem positiva através de nossos produtos e, por isso, acreditamos que o Bold Is Beautiful é uma maneira fantástica de proporcionar bem-estar e levar alegria para as mulheres abraçadas pelo projeto. Assim, desejamos cumprir nossa missão de fazer a diferença na vida delas e apoiar o empoderamento feminino.”, compartilha Gabriela Barroso, embaixadora da label no Brasil.

Presente na história da Benefit desde 1976, o BrowBar, que oferece o serviço de Design de Sobrancelhas, é um dos grandes pilares da marca. Nele, especialistas de sobrancelhas fazem um mapeamento exclusivo para encontrar o formato ideal baseado nos traços do rosto das clientes.

O serviço disponível em lojas selecionadas da Sephora custa R$69,00 e pode ser encontrado em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Porto Alegre e Recife. Para agendar o serviço design de sobrancelhas da Benefit e ajudar empoderar mulheres, acesse: https://www.benefitcosmetics.com/pt-br/services

Do sim ao altar: o cronograma de beleza para noivas

Para algumas noivas, um dos dias mais mágicos da vida delas é o dia do “sim”, porém, quando dizem sim ao pedido de casamento, também estão aceitando os desafios que cercam a preparação para que esse grande dia seja perfeito. Foi-se o tempo em que as preocupações dos noivos se restringiam à decoração, buffet e escolha dos trajes adequados. Agora, principalmente no que diz respeito às noivas de plantão, mais um item entrou no checklist de tarefas a serem realizadas até o dia da cerimônia: o cronograma de procedimentos de beleza. 

Com o avanço da tecnologia nesta indústria, os novos tratamentos com diferentes objetivos e downtimes (tempo de “descanso” necessário para que a região tratada se recupere e atinja o resultado final) têm se popularizado rapidamente devido à versatilidade que oferecem: há tratamentos mais profundos que podem precisar de semanas de recuperação para que se chegue ao resultado final, enquanto existem outros mais superficiais que não possuem downtime e a paciente já pode voltar às atividades cotidianas logo após a realização dos procedimentos. 

Imagem: Reprodução/Organize Casamento

No entanto, quando se tem um planejamento por trás, é possível obter o melhor dos dois mundos: combinar tratamentos – tanto pelos efeitos a longo prazo, fruto dos protocolos que tratam a qualidade da pele de maneira mais profunda, quanto por aqueles que podem ser realizados aos “45 do segundo tempo” e trazem resultados sutis, mas notáveis – e obter resultados progressivos, ou seja, que melhoram com o tempo. Esse é o caso das noivas que cada vez mais têm buscado montar um verdadeiro cronograma de beleza a ser seguido desde o dia do “sim” até chegar ao altar. 

Emanuela, que casou-se recentemente, desde o início dos planejamentos, incluiu em seu “projeto noiva” cuidados específicos com a aparência, “Quando disse ‘sim’ ao meu noivo, também disse sim ao dia dos meus sonhos e por isso fiz questão de chegar nele na minha melhor versão!”. Segundo ela, a preparação começou com um ano de antecedência, logo que noivou, e a escolha dos procedimentos foi um conjunto de desejos dela e recomendações de profissionais.

“Aproveitei a ocasião do casamento para tirar do papel algumas vontades que já tinha, como preencher as olheiras que já me incomodavam há um tempo, com ácido hialurônico (uns três meses antes) e aplicar a toxina botulínica de forma preventiva e para levantar o olhar (mais ou menos dois meses antes da cerimônia). Porém, quando procurei minha dermatologista para realizar esses procedimentos, ela me recomendou alguns outros tratamentos para melhorar o aspecto da pele, como limpezas mais frequentes (realizei uma por mês) e lasers para tratar manchas e textura. Montamos um verdadeiro cronograma que incluiu desde tratamentos no consultório até cuidados em casa.” Emanuela ressaltou ainda que a preparação e o cuidado prévio para com a imagem foram fundamentais para que ela se sentisse mais confiante no dia da cerimônia, “Me senti preparada, mais bonita de verdade, porque tudo o que me incomodava antes já não estava mais lá, eu já tinha tratado!”

Nesse sentido, a Dra. Liliany Lóss Folate, médica dermatologista, diretora da clínica Dermacorpo,  afirma que se preparar com antecedência, porém com calma e responsabilidade, é de extrema importância: “O grande dia da noiva é uma ocasião de muitas emoções e ansiedade! Eu recomendo não acrescentar mais emoção, na ânsia pelo resultado dos procedimentos estéticos. Sempre oriento a realizar os procedimentos de forma programada e antecipada.” Além disso, a dermatologista acrescenta que seis meses de antecedência é o período que considera ideal para dar início aos cuidados de forma mais intensa e que os protocolos a serem adotados são escolhidos após a realização de uma avaliação individual, que é uma etapa fundamental para identificar as necessidades de cada noiva e direcionar o tratamento.

No entanto, existe uma característica que a Dra. Liliany considera indispensável em qualquer cronograma: a busca por uma pele visivelmente bem zelada, “Estar com a pele bem cuidada, com viço e brilho, faz toda diferença na maquiagem! O Botox também é indispensável!” e para exemplificar uma forma de chegar a esse resultado, ela nos direcionou na montagem de um cronograma de beleza para incentivar as noivas de plantão. Vamos conferir?  

Cronograma de beleza do “sim” ao altar:

  • 6 meses antes: Os bioestimuladores de colágeno – substâncias aplicadas na face para estimular a produção de novas fibras de colágeno, auxiliando na melhora do aspecto do rosto, minimizando os sinais do tempo, atenuando a flacidez e proporcionando uma pele mais uniforme + Ultraformer 3 – um aparelho de última geração que combina a utilização dos ultrassons micro e macrofocado para tratar a flacidez da pele. Essa tecnologia atua através de estímulos para intensificar a produção natural de colágeno no organismo e promover a quebra das células de gordura. 
Imagem: Reprodução/Mealth Clinic
  • 3 meses antes: Preenchedores + Laser.
  • 1 mês antes: Botox e, se necessário, alguma nova etapa com preenchedores.
Imagem: Shutterstock
  • 15 dias antes: Finalizar com Laser para melhorar textura de pele!

Depois de descobrir a importância de um planejamento prévio e com um cronograma em mãos para se inspirar, parece que o caminho para chegar ainda mais bela ao altar ficou mais descomplicado, não é? Porém, não se esqueça: cada planejamento é único e a opção por realizá-lo também. O cronograma de beleza não deve ser visto como uma regra e nem como uma obrigação, mas, sim, como um escape relaxante e um momento de autocuidado para as noivas em meio a um período que é cercado por um turbilhão de emoções. 

Pink é o novo preto: o Barbiecore no universo da beleza

Quando Valentino apresentou sua coleção Inverno 22/23 em um impactante (e exclusivo) rosa, entendemos que o mundo tinha ganho uma nova cor preferida.

Isso, somado à retomada das tendências dos anos 2000 – época que valorizava um estética hiper feminilizada, com muito rosa, brilho, e personagens icônicos como Sharpay Evans, Elle Woods, London Tipton (e sua versão real, Paris Hilton), e até mesmo o filme Barbie de Greta Gerwig – formou o cenário perfeito para o rosa voltar mais forte do que nunca! Não demorou para que a cor dominasse tapetes vermelhos e não tinha como o universo da beleza não se render a essa tendência.

Imagem: Pinterest

Chamada de Barbiecore, a estética, como bem ressalta a comunicadora de moda e tendências Verena Figueiredo, aparece numa roupagem mais moderna e democratizada, que busca acabar com a visão diminuta que a ideia de gostar de rosa, strass e elementos mais delicados e ludicos antes carregava, e é mais ousada e inclusiva. Essa também pode ser encarada como uma continuidade natural do já muito discutido look Dopamine, que utiliza cores, brilhos e outros elementos vibrantes para comunicar frescor, alegria, se contrapõe ao momento difícil que experienciamos enquanto sociedade – quase como uma válvula de escape – e tem tudo a ver com o momento que de retomada pós pandêmica que ainda vivemos. E é claro, a beleza se cercou de elementos divertidos e criativos em sua interpretação destas tendencias.

Como apostar na tendência

Criativo

Aqui temos duas formas de levar elementos criativos na maquiagem. A maquiagem de Thalita remete ao romantismo graças aos elementos mais delicados, porém a lagrima desenhada e as unhas coloridas dão o tom. Já Josy saiu do obvio e apostou em tranças e sobrancelhas cor de rosa para um look mais único e fashionista.

Olhos

Dois exemplos de como apostar na cor apenas nos olhos. Selena torna o look mis interessante com um degrade de tom mais acesso ao mais frio, enquanto Kamila aposta rosa brilhante e desenho gráfico

Boca

Nos lábios, o acabamento pode ir do batom matte ao gloss sempre traz um ponto de destaque a mais no look, mesmo quando somados a mais elementos de atenção.

Bochechas

As bochechas podem estar em um rosinha mais suave, mas essa também é a hora do blush bem marcado brilhar. A técnica leva um toque glow ao look, principalmente se combinada ao iluminador. Lele somou ao batom vermelho e Livia optou por olhos mais suaves, o que mostra que as possibilidades não estão limitadas.

All Pink

Que tal se jogar na cor?!

Olhos, cabelo, boca, unhas…aqui vale tudo e o resultado é incrível, ousado e original

Beauty Tech: como a beleza trabalha com a tecnologia

Diferentes situações de rotina e ambiente podem afetar o que pensamos, buscamos e desejamos em termos de beleza e estética. Ainda neste raciocínio, ambientes podem também afetar a forma que nós vemos, idealizamos nossa imagem e o que gostaríamos de consumir. Dentro disso, também entra o uso da tecnologia,  já onipresente em nosso dia a dia.

Especificamente no segmento de beleza, tech é muito sobre a experiência e autoafirmação. Faz parte do mercado analisar, evoluir, crescer e inovar para atender essa nova demanda, mas também entender até onde essa relação é respeitosa para cada indivíduo e para o ambiente.

A tecnologia em produtos

Quando o tema é tecnologia aliada a beleza, pensa- se muito em inovações relacionadas a tratamentos estéticos – lasers, imagem, ultrassom e outros. Sim, esse é um formato com grandes e constantes avanços e pleno crescimento, porém a inovação pode ser encontrada também em produtos.

A norte-americana Biossance é um ótimo exemplo de uso de avanços tecnológicos no segmento. A marca surgiu com o propósito de oferecer cuidados para pele com “biotecnologia inovativa para causar um impacto positivo no mundo”.

Dessa forma,  Biossance impulsiona o Clean Beauty (beleza limpa, ao pé da letra) movimento que cada vez mais forte e procurado por consumidores de beleza, que cada vez mais procuram soluções que tragam bons resultados sem deixar a sustentabilidade e responsabilidade social. Clean Beauty apresenta fórmulas não tóxicas e processos benéficos para a pele e o meio ambiente, da embalagem à formulação dos produtos, e chegar nesse resultado exige profunda pesquisa e desenvolvimento de novas fórmulas com ingredientes complexos. O Preenchedor lançado recentemente, por exemplo, contém Peptídeo de Cobre, que estimula a produção natural de colágeno, e diferentes tipos de ácido, todos de baixo risco de toxicidade.

Aplicativos, filtros e a relação da beleza com as redes

Outro importante fator quando se pauta a união de beleza é tecnologia é o poder das redes sociais nesta relação.

O consumo é incentivado pelas redes sociais. Técnicas estão sendo incansavelmente reproduzidas e produtos esgotam de lojas após um conteúdo a respeito se tornar viral. A título de comparação, é como uma música que pega #1 em todas as plataformas após uma trend.

Recentemente, o vídeo da criadora Georgia Barratt ensinando a “passport photo makeup” alcançou 11M de views no TikTok,  o conteúdo de resultado final tem mais de 15 milhões . Variações do conteúdo ensinando como reproduzir o look não param de ser postados e também acumulam números expressivos. 

Conteúdo da brasieleira Renata Santti inspirada no video da Georgia

Ano passado, o Almost Lipstick, tonalidade Black Honey, da Clinique – lançado nos anos 70 – esgotou das lojas após ser utilizado em diversos conteúdos na mesma rede. E surpreendentemente, a Nivea acabou se beneficiando disso, já que muitos criadores e sites especializados em beleza passaram a apontar o lip balm Amora da marca como uma alternativa de fácil acesso ao batom.

Videos sobre Black Honey têm milhões de views e resultaram na gigante procura do batom e divulgação de similares

Por outro lado, temos o debate sobre filtros e autoimagem. Essa, claro, não é uma pauta nova, porém se renova de tempos em tempos. E esse talvez seja o lado mais danoso da relação beleza & tech.

Estudos já provaram que selfies alteram a percepção do rosto, e pesquisa realizada em 2021 pela  Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética mostrou que o Brasil foi o país que mais realizou procedimentos de face em 2020, muito por conta de filtros e outros recursos que alteram a autoimagem, “adiantando” os resultados das cirurgias e servindo como referência de imagem ideal para levar aos consultórios . Também em 2021, a Dove divulgou que 84% das brasileiras a partir dos 13 anos já haviam utilizado filtros e programas de edição, 78% já tentaram mudar ou ocultar alguma parte do corpo antes de postar uma foto, e 60% delas assumem ter baixa auto estima.

Em 2022, porém, a trend Tears in My Heart mostrou uma nova face dessa questão, principalmente entre a Gen Z e Millenials. A ideia é “trocar” sua versão editada por uma imagem natural, como uma manifestação de aceitação ao real, e foi adotada inclusive por grandes celebridades digitais.

@beca

amei mt essa trend, confesso que ambos são lindos 💗

♬ Tear in My Heart – twenty one pilots

No finalentender como os avanços de produtos e técnicas de beleza, e mais, como a imagem criada por ambientes virtuais agem no alcance da imagem dita ideal é importante para sabermos o que estamos gerando e para onde vamos. Com isso enxergamos os resultados, positivos e negativos, que essa união carrega.